12/12/2018 - Pequeno Expediente Adriano Sarney

Jose Adriano Cordeiro Sarney

Aniversário: 20/06
Profissão: Administrador

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO ADRIANO SARNEY (sem revisão do orador) - Bom dia, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores, Deputados, Deputadas, galeria, telespectadores da TV Assembleia, funcionários desta Casa, imprensa, maranhenses. Ontem utilizei o Grande Expediente para falar, durante 30 minutos, dessa peça de ficção, que se chama o Projeto de Lei Orçamentária do Governo do Estado do Maranhão. Chamei de peça de ficção simplesmente porque nele se vê questões vazias. Por exemplo, R$ 10.000,00 para construção e melhoramento de logradouros públicos. O que se faz com dez mil reais para melhoria de logradouros públicos de um Estado? Absolutamente nada. O Governo desrespeita esta Casa mandando a esta Casa um documento para que nós, Deputados e Deputadas, possamos aprovar e depois ser completamente modificado. Temos aqui também elaboração de projetos de abastecimento de água e esgoto, dez mil reais. Temos aqui também fomentos às inovações digitais, mil seiscentos e setenta e cinco reais. Aqui eu vejo na galeria muitos jovens. Sabemos da importância que é a nova indústria digital, startups, tecnologia. Como é que um Governo de Estado só comunista mesmo vai colocar no orçamento um valor de mil seiscentos e setenta e cinco reais para fomento às inovações digitais. Aqui nós temos também apoio ao sistema estadual de assistência técnica, dez mil reais. Construção, ampliação, restauração, instalação de cais, dez mil reais. Saneamento básico rural, sessenta mil reais. Quero saber, o que nós vamos fazer com sessenta mil reais? Um verdadeiro absurdo e aqui nós vamos subir à tribuna outras vezes durante essa discussão, mas vão trazer algumas Emendas ao Projeto para que a gente possa melhorar, por exemplo, como é que nós colocamos menos de dois mil reais para fomento às iniciativas inovadoras, enquanto a SEGOV - Secretaria de Governo do Estado - receberá setenta e três milhões de reais? Para que serve a Secretaria de Governo do Estado do Maranhão a não ser para criar cargos no interior com ex-prefeitos, ex-vereadores, parente de vereador, parente de prefeito, parente de ala política para fazer politicagem no interior do Estado do Maranhão, essa é a nova política comunista que está sendo implementada neste Estado? Superintendentes da Secretaria de Governo fazendo política no interior recebendo salários altíssimos e ainda carros alugados pelo governo do Estado, setenta e três milhões de reais. Apresentarei hoje aqui Emendas que retirarão esse recurso para onde realmente interessa, que é a ação de calamidade contra as obras para São Luís para consertar as chuvas, ou seja, as enchentes que estão acontecendo aqui em São Luís, para despoluir as praias de São Luís e do litoral, para custear a saúde, o Socorrão e os hospitais estaduais, para ampliar o videomonitoramento, em todo o Estado do Maranhão, principalmente nos bairros mais violentos de São Luís e na grande Ilha e, nas áreas metropolitanas. Como que uma Secretaria, que a Secretaria de Comunicação – SECAP, que lá tem um dono, esse dono se chama Márcio Jerry, que foi eleito agora deputado federal nas costas de um governo, porque voto ele não tem e todos nós sabemos. Sessenta e três milhões para Márcio Jerry fazer comunicação no Maranhão e no Brasil, para custear um projeto de poder comunista em todo o Brasil, para fazer contraponto ao Governo Federal que aí está. Sessenta e três milhões. Vamos apresentar emendas para retirar parte deste recurso para o FEPA, o fundo dos aposentados, que está acabando, que o governo comunista acabou. Vamos retirar parte desses recursos para a construção de logradouros públicos, para reformar as feiras de São Luís e o mercado, que é de responsabilidade do Governo do Estado. Então, senhoras e senhores, temos aqui muito a dizer sobre esta peça orçamentária. Esta peça fictícia, que pertence mais às grandes produções hollywoodianas e da Netflix do que a esta Casa. Não vamos nos enganar e desde já digo, Senhor Presidente, que votarei contra, contra esta peça fictícia. Porque eu fui eleito pelo povo do Estado do Maranhão. Não sou palhaço e não vou ficar aqui para votar coisa que não é a realidade. E nós todos sabemos disso. Muito obrigado, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA