12/12/2018 - Pequeno Expediente Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, demais Membros da Mesa, Senhoras e Senhores Deputados, galeria, imprensa, internautas, telespectadores que nos acompanham por meio da TV Assembleia, nosso mais cordial bom dia. Que Deus seja louvado e que Deus estenda as suas mãos poderosas sobre o Estado do Maranhão. Quero cumprimentar de forma especial a galeria da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão aqui, hoje, sendo ocupada por jovens destemidos, corajosos, corajosas, que têm o sonho, o desejo de servir o Maranhão entrando na briosa Polícia Militar. E para isso estudaram muito diante de um concurso cheio de problemas, cheio de confusões. Nós, inclusive, denunciamos desde o princípio, desde o início, uma prova que foi realizada para a cidade de Teresina também, beneficiando os piauienses; uma fraude na cidade de Caxias, que até hoje não foi apresentado o resultado das investigações, do inquérito; provas começando em horários diferentes em vários locais, então muitos problemas. Mas, após a homologação do resultado, não tinha porque está batendo na tecla já que denunciamos no Ministério Público, na Defensoria, na OAB e já tinha sido homologado o resultado. Eu tinha que voltar a atenção para quem estava aprovado no concurso e que começou a enfrentar problema e também precisava da atenção do Parlamento Estadual. A exemplo, uma ajuda de custo muito baixa. Solicitamos o aumento dessa ajuda de custo. Alguns candidatos que estavam sub judice, que foram desligados por algum problema, e o Governador desrespeitou decisões judiciais. E, por último, o mais grave, o Governador acalentou um sonho, o desejo dos candidatos aprovados no Concurso da Polícia Militar, dizendo que ia nomear todos. Usou todos eles para a propaganda mentirosa, enganosa do Governo. E na hora só nomeou mil duzentos e catorze. Em abril, ele fez uma propaganda dizendo que tinha mais de dois mil policiais. Quando foram as eleições, ele disse que tinha mais quinze mil policiais. Isso ele usando os três mil que ele não nomeou. só nomeou mil duzentos e catorze. Realizamos audiência pública. E aqui, na Assembleia Legislativa, produzimos um documento solicitando ao Governador Flávio Dino que colocasse no Orçamento, na peça orçamentária para 2019, a possibilidade de nomeação dos dois mil candidatos aprovados. Só que – compreendam - desses dois mil, incluem-se os sub judice, aqueles que concluíram o curso de formação, então na verdade vai depender da liberalidade do governador. Estamos enfrentando etapas, fases, a fase de hoje significa a aprovação do orçamento. Vocês vão criar expectativas de direito que, a partir do próximo ano, poderão ou não ser chamados pelo governador, o que vai depender, mais uma vez, da nossa mobilização, da mobilização de vocês, de um trabalho continuado. Infelizmente, vocês não estão vindo à Assembleia pedir emprego, não estão vindo à Assembleia pedir favor, estão vindo à Assembleia Legislativa simplesmente lutando pelos direitos de vocês. No século passado, um senador, advogado, tem uma célebre frase que diz que aquele que não luta pelos seus direitos, não é digno de tê-lo. Vocês não estão vindo aqui como pidões, não estão vindo aqui para pedir favor, nem benefícios ao Parlamento Estadual, estão vindo à Assembleia Legislativa lutar pelo direito de vocês. Muitos largaram os seus empregos, largaram as suas casas para fazer o curso de formação e hoje estão desempregados, estão passando por dificuldades, alguns venderam motos, carros, bicicletas para poder fazer o curso de formação. Eu tenho essa compreensão, a compreensão de que lá atrás, para passar no concurso para Sargento do Exército, eu estudava debaixo de um poste. Então eu sei as dificuldades que vocês passaram, que vocês enfrentaram e é por isso que vocês têm o meu apoio incondicional. Graças a Deus, está no orçamento e eu creio que será aprovado hoje. Vamos travar uma nova batalha em busca das nomeações em 2019. Com isso, quero mais uma vez saudar a todos. Sejam todos bem-vindos à Assembleia Legislativa. Sejam todos bem-vindo à Casa do Povo e contem sempre com o nosso apoio incondicional. Senhor Presidente, ocupo o tempo que nos resta do Pequeno Expediente só para destacar a Lei nº 10.745, que hoje completa um ano de sancionada. Foi sancionada no dia 12 de dezembro de 2017, é uma lei de nossa autoria aprovada por unanimidade pelos deputados estaduais, que é a Semana de Combate à Corrupção. No último sábado, participando de um passeio ciclístico idealizado pela Procuradoria, pelo Tribunal de Contas e, nesta semana, estamos desenvolvendo ações em defesa da sociedade, do dinheiro público e no combate à corrupção. Na próxima segunda-feira, teremos um seminário na OAB com a participação da Assembleia Legislativa, da OAB, do Ministério Público, do Tribunal de Contas do Estado. Será um seminário de combate à corrupção do qual estarão participando o Dr. Wellington Resende, que é auditor e que inclusive foi premiado na última semana com o Prêmio Innovare, o Juiz Marco Adriano, da Comarca de Pedreiras, o Dr. Luís Gonzaga, além de autoridades que estarão discorrendo e debatendo sobre o tema da corrupção. Estaremos mediando os debates no seminário, eu e o auditor Wellington Resende. Então estão todos convidados para participar da Semana de Combate à Corrupção. Para quem não entende isso, com a corrupção são desviados dinheiros da saúde, da educação e até possibilidade de nomeação de novos policiais. Só para concluir, Senhor Presidente, ao nomear novos policiais, não estamos fazendo favor para eles, estamos sim beneficiando a sociedade, beneficiando a população. Nós temos duas preocupações: a preocupação com a segurança da sociedade, da população e a preocupação com a qualidade de vida, com a garantia de direitos dos policiais civis e militares do Estado do Maranhão. E ao entrar mais policiais estamos dando oportunidade de o policial ter mais tempo em casa com a família, de estudar, de lazer. É meio de vida, não é meio de morte. E quando o policial sai de casa para defender as nossas vidas ele está colocando em risco a sua vida. Se despede dos pais, das mães, dos filhos, da esposa para defender a sociedade e defender as nossas vidas. E é por isso que tenho um apreço irrestrito e apoio total à Polícia Militar, à Polícia Civil, os agentes penitenciários e aos novos policiais, que tenho certeza que em 2019 o sonho, que outrora estavam tentando apagar, em 2019 será contemplado por todos vocês com a nomeação na briosa Polícia Militar. Sem peixada, sem indicação, sem amizade, com o fruto do suor do rosto de vocês, da preparação, do mérito, a aprovação no concurso público. A todos vocês o nosso respeito, os nossos parabéns e a vitória está bem próxima e todos vocês irão contemplar, em nome de Jesus. Que Deus abençoe a todos.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA