07/02/2019 - Grande Expediente Arnaldo Melo

Antônio Arnaldo Alves de Melo

Aniversário: 08/06
Profissão: Médico

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, Senhores Deputados, membros da Mesa, Deputados em Plenário, Senhoras e Senhores, caros ouvintes da TV Assembleia, imprensa aqui presente que acompanha os nossos trabalhos legislativos, telespectadores da nossa TV Assembleia, caros servidores desta Casa, devo confessar, Senhores Deputados, que depois de tantos anos, tantas vezes tive a honra de subir à Tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão, iniciei na rua do Egito, mas é uma felicidade, Senhor Presidente, ainda poder renovar a emoção de aqui chegar na condição de representante do povo do Maranhão. Uma história construída com dedicação, com respeito, respeito ao Regimento da Casa, que é minha baliza e a Constituição do meu Estado e do meu País. Eu gostaria de fazer uma referência neste momento inicial sobre as razões pelas quais o Parlamento é fascinante, porque digo sempre que o Poder Legislativo é o mais belo e o mais importante dos Poderes, porque por meio do Poder Legislativo, Senhores Deputados, que o povo, o cidadão comum consegue direcionar, desaguar os seus interesses, as suas demandas. Cheguei a esta Casa, Senhores Deputados, pela primeira vez ainda com os cabelos castanhos, como os mais íntimos chamavam, a cabeleira não era tão branca assim, era mel com terra e hoje, Senhor Presidente, estou aqui ao seu lado com os cabelos grisalhos solicitando, pedindo aos colegas Deputados que me acolham nesta bancada com o instinto de colaborar, de ajudar esta Casa a seguir o seu mistério. O mistério tão auspicioso que é representar o nosso povo do Maranhão. Eu quero agradecer tantos votos recebidos neste Estado, inauguro mais um mandato pela bondade do povo do Maranhão e pela vontade de Deus. Eu tive a felicidade de ter aqui me representando, representando o povo do Maranhão a minha filha primogênita que encerrou o mandato semana passada, Deputada Nina Ceres Couto de Melo, que tenho a satisfação de dizer a V. Exas, Senhores Deputados, que aquela parlamentar nesta Casa trabalhou com afinco, com retidão e com dedicação. Eu tenho uma profunda satisfação Deputado José Gentil, de ter V. Ex.ª aqui ao meu lado, de ainda há pouco ter aqui recebido a oportunidade de cumprimentar o Deputado Edivaldo Holanda, que quando cheguei a este Plenário, ainda na rua do Egito, o Deputado Edivaldo Holanda já teria sido líder do Governo Luiz Rocha. É a história viva, presente, Deputado José Gentil, todos nós aqui presentes, para testemunhar a importância que é do Poder Legislativo de fazer o contrapeso com os outros Poderes. Só tem governo forte se tiver Parlamento forte e diligente. Nós temos a incumbência, Senhores Deputados, a incumbência maior que uma sociedade pode exigir que é elaborar, criar, excluir, extinguir as leis se nós somos, Senhores Deputados, a Casa das Leis temos todas as condições de direcionar o Poder deste Estado e deste país. Sou Deputado estadual por convicção, eu gosto de ser Deputado estadual, Senhores Deputados, e quero mais uma vez pedir o apoio, a colaboração de cada um dos Deputados desta Casa para que eu possa desenvolver bem o meu trabalho, porque eu só vir aqui com uma única intenção, ajudar o povo do Maranhão, para que eu possa exercer este mandato fazendo o meu destino. Eu preciso da colaboração de V. Exas. porque esta é uma Casa heterogênea que nenhum é maior ou menor do que o outro. As decisões são tomadas aqui de forma colegiada e não é fácil convergir 42 interesses, uma vez que cada um de nós aqui traz o interesse das suas comunidades, dos seus representados. Nós conseguirmos criar este ambiente de convergência de forma pacífica é exatamente a força do Parlamento. E é com esse espírito que eu venho de alma desarmada, de espírito desarmado, sem qualquer tipo de pretensão maior do que fazer o meu trabalho legislativo. O deputado tem que entender que o mais importante é legislar. Apesar de o Poder Legislativo estar distorcido nos tempos de hoje, e eu vejo aqui o olhar do Deputado César Pires, um estudioso sobre os parlamentos, sobre a história do parlamento antigo e moderno, que devo dizer, senhores deputados, que muitas mudanças surgiram a partir de quando a filosofia parlamentar, que continua viva até hoje, que é representar as camadas mais carentes e atender aos interesses da sociedade como um todo, mudou muito. Hoje, senhores deputados, nós vivemos um momento diferente. O deputado, o parlamentar, seja o vereador, o deputado estadual, o federal ou senador, vive hoje um momento de dificuldade porque a sociedade, cansada, passou a nos exigir muito mais e exigir de nós inclusive posições e atitudes que não são próprias do parlamento. A gente vê o desespero do deputado procurando permanentemente carrear recursos para a sua região, quando esse, senhores deputados, não seria o papel original do legislador. As grandes Casas Legislativas do Brasil e do mundo sempre primaram mais por aqueles que estudavam as leis, Senhor Deputado Leitoa, V.Ex.ª que já está no segundo mandato e sabe do que eu estou falando, da necessidade que há do conhecimento, da funcionalidade da Casa Legislativa para nós operarmos o direito do povo aqui nesta Casa, que é nosso compromisso. Mas hoje o nosso eleitor, inconsciente, mas sedento de benefícios, passa a nos cobrar ações que são próprias do Poder Executivo, daí nós começamos, senhores deputados, a viver este conflito entre o Parlamento antigo e o Parlamento moderno. O que nós precisamos neste momento, senhores deputados, é ter muito cuidado porque é o Poder Legislativo que faz o peso e o contrapeso com os outros Poderes. O Poder Judiciário existe para analisar e para julgar os interesses da sociedade, o Poder Executivo, para aplicar corretamente os recursos arrecadados da comunidade ou da população. Neste tripé nós precisamos estar aqui para prestar o serviço a nossa comunidade. Senhores deputados, eu quero trazer aqui, atendendo a uma reivindicação do nosso Presidente, o Deputado Othelino Neto, que em uma conversa comigo, falando eu sobre a minha chegada aqui, Deputado Othelino, V.Ex.ª me deu boas-vindas e disse que gostaria que eu procurasse dar uma contribuição a esta Casa também no setor administrativo. Quero, senhores deputados, neste diapasão, nesta linha de raciocínio, sugerir a V. Ex.ª que nós possamos fazer um trabalho de mais aproximação, senhores deputados, com o Tribunal de Contas do Estado. O Tribunal de Contas do Estado é um órgão auxiliar desta Casa Legislativa. E por quê? Justifica-se: nós os deputados não temos o conhecimento técnico necessário para nosso segundo ministério, que é acompanhar a aplicação correta dos recursos públicos. Uns, como eu, da área médica, outros da engenharia empresarial e vários segmentos. Como disse, esta Casa é muito heterogênea, então nós carecemos de informações técnicas para fazer este acompanhamento. E, às vezes, senhores deputados, nós esquecemos de buscar esse instrumento importantíssimo que é o Tribunal de Contas, que nos dá parecer. No ano passado nós tivemos aqui, ou no mandato passado, algumas dificuldades. Eu estava fora da Casa Legislativa, mas eu acompanhava pela imprensa as conversações, as discussões nesta Casa com o Tribunal de Contas deste Estado. E eu quero pedir vênia nesta hora para que nós, os deputados que representamos o Poder Legislativo do Maranhão, possamos fazer um trabalho de aproximação institucional, de aproximação com este órgão auxiliar da Assembleia, que com certeza muito vai nos enriquecer no nosso trabalho legislativo. Dentro do nosso trabalho, nós precisamos de alguém que conheça a lei da licitação, a lei do desembolso de recurso, a lei dos empenhos de convênios. E é nesta hora, Senhor Presidente, que acho que nós precisamos fazer um trabalho intenso para que o Tribunal de Contas do Estado possa nos assessorar mais diretamente, senhores deputados. Acredito que muitos prefeitos, administradores de instituições outras acham até que aquilo não é atribuição do deputado. Mas nós somos os representantes deles, dos eleitores, que representam a sociedade. Então, por isso, nós precisamos fazer esse trabalho com muita determinação. É preciso que nós acompanhemos não apenas, senhores deputados, a elaboração e assinatura de um convênio. É um equívoco se achar que o nosso trabalho parlamentar se encerra quando nós conseguimos uma obra para um município, uma obra de estrutura estadual. Aqui eu vi alguns deputados fazendo citações. E eu quero me associar a eles, ao Deputado Rigo Teles, que me antecedeu na tribuna, ao Deputado Rafael Leitoa, que fez o convite para inauguração do asfaltamento da MA-034 para o povoado Paiol do Centro, ligando com o eixo da 034, e aí eu quero fazer aqui justiça, porque eu procuro na minha vida ser um homem justo, a MA-034 construída no Governo Roseana Sarney com os recursos do empréstimo que esta imprensa aqui presente e alguns dos Deputados ainda, aqui desta Mesa, eu presidia esta Casa, diante de várias dificuldades para que o Maranhão se ajustasse financeiramente àquela época, para abrir o crédito com o governo federal e contraímos o recurso de R$ 3,801 bilhão do BNDES. Para estruturarmos estradas como aquela que hoje honrosamente leva o nome do Deputado Humberto Coutinho, um nome muito merecido em razão da sua família e ele mesmo tanto ter trafegado por aquela região. E eu tenho a honra de ter participado dessa história e quero fazer uma referência ao ex-Deputado Max Barros, que dali sentado naquela cadeira se afastou, se licenciou para a Secretaria de Infraestrutura e fez um trabalho gigantesco no Maranhão na área de Infraestrutura, mas isso é assunto que nós voltaremos em outro momento para falar do que se fez durante esses 30 anos quase que eu estou no Parlamento e dizer outro momento, caros Deputados, qual foi o Maranhão, Deputado Adriano, que eu vi em 1991, quando aqui cheguei, saindo lá do sertão da Passagem Franca e conhecendo toda aquela região que não tinha asfalto, não tinha hospital, não tinha saúde, não tinha telecomunicação, não tinha Universidade, não tinha quase nada, e eu sou aqui honrosamente testemunha viva desse projeto de evolução, Desse projeto de crescimento do Maranhão e venho aqui hoje trazer a minha força, o meu conhecimento, a minha experiência para ajudar que os projetos atuais deem certo, eu sou daqueles que torço para que o Maranhão dê certo, então eu quero fazer aqui também outra referência aos nossos Senadores que estão eleitos, aos nossos Deputados Federais que estão eleitos que muitos fomos votados juntos, a missão do Deputado, hoje Senador da República, Weverton Rocha, é muito grande, a missão do Deputado Federal, hoje Senador da República, Roberto Rocha, também muito grande, a missão da Senadora Eliziane Gama, que foi membro desta Casa, também é muito grande, porque eles terão que ter a força política no governo federal para conseguir captar recursos para o Maranhão, porque, até agora, nós temos vivenciado a continuidade da aplicação dos recursos que nós conseguimos arrecadar com apoio desta Casa, o governo do Maranhão se ajustou financeiramente e só se consegue empréstimo, só se consegue recurso se tiver com as finanças ajustadas, isso vale inclusive para o nosso mundo particular, V.Exas. sabem disso, Senhores Deputados, e foi com o governo ajustado que a Governadora Roseana conseguiu contrair aquele empréstimo, salve-se com o apoio dos Senadores da época, Senador Edison Lobão, Senador João Alberto, Senador Cafeteira, sob o comando do Senado, à época, do ex-Presidente José Sarney e eu quero fazer justiça aqui. Mais tarde essas obras não conseguiram ser iniciadas e muitas nem licitadas, agora estamos em pleno andamento e como eu fico feliz, Senhores Deputados, quando ando pelo meu Maranhão seja na região Leste, na querida cidade de Caxias e toda as adjacências, seja na Baixada Maranhense de Pinheiro, Santa Helena e toda aquela região, na região do Turi, do Encruzo até Boa Vista do Gurupi, Santa Luzia. Na região da Baixada, na Região Tocantina, região próspera a gente vê a marca do Governo do Estado com investimentos, seja na saúde, construindo hospitais regionais, construindo estradas importantíssimas para a produção como a estrada do Arroz e o Anel da Soja. Nós voltaremos aqui em outro momento, Senhores Deputados, para falar do que está sendo feito neste momento e do que precisa ser feito no Maranhão. Mas o mais importante é que tenhamos a responsabilidade do nosso papel, como eu disse no início da fala, do nosso mistério de legislar aqui, apoiar e fiscalizar corretamente a aplicação desse recurso, independentemente de lado político ou de Partido. Eu sou dos maranhenses que torço para tudo dar certo. Eu torço para o Governo continuar construindo, estou aqui para apoiar e ajudar. Eu quero me colocar à disposição de cada Deputado desta Casa, do mais jovem ao mais experiente. Isto é uma obrigação, como eu disse, e nossa Casa precisa de convergências. Eu quero plantar aqui, Senhores Deputados, mais uma semente que é a semente da concórdia e do acerto político, o bom acerto político. O conchavo para aprovações de projetos, projetos salutares e saudáveis para o nosso Estado. E quero que em determinado momento que eu possa, por alguma razão, deslizar da minha linha de conduta, V. Exas. me ajudem, colaborem comigo para que eu possa voltar para o leito da normalidade e, assim, fazer o nosso exercício parlamentar.

A SENHORA DEPUTADA CLEIDE COUTINHO – Deputado Arnaldo, me permite?

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Deputada Cleide, é uma honra receber o seu aparte.

A SENHORA DEPUTADA CLEIDE COUTINHO (aparte) – Deputado Arnaldo, eu ouvi o seu pronunciamento, não me surpreendeu a sua lisura, a sua vontade de caminhar firme e para a gente aqui, e digo para os mais novos que talvez não conheçam o seu comportamento, que podemos sim esperar de sua parte a ajuda que o Maranhão precisa. Eu trabalhei com você, nós conseguimos eleger V. Ex.ª como Presidente em um momento muito difícil naquele tempo, mas não me arrependi hora nenhuma e tenho certeza que V. Ex.ª irá nos ajudar na condução dos trabalhos desta Casa, visando principalmente ajudar o Maranhão. Muito obrigado por estar aqui com a gente.

O SENHOR DEPUTADO RAFAEL LEITOA – Deputado Arnaldo.

O SENHOR DEPUTADO RIGO TELES – Deputado Rigo Teles também.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Pois não. Deputada Cleide, V. Ex.ª traz grande parte dessa história que aqui eu relatei no início da fala. Porque V. Ex.ª, além de ser minha colega médica, foi a companheira, a alma gêmea do meu grande amigo Humberto Coutinho, que eu tive a oportunidade de chegar com ele a esta Casa, ainda na rua do Egito, em 1991. Lamentavelmente hoje só tenho eu aqui, daquele período. Mas como eu fico feliz de ver V. Ex.ª aqui sentada à Mesa continuando os nossos trabalhos, com ao seu lado direito a minha querida amiga Andreia, filha do também Deputado em 91, grande Deputado Chico Martins, pai da nossa Doutora Andreia, isso é que emociona, você ver a história sendo seguida, e a Deputada Andreia, Deputada Cleide Coutinho, ladeando o nosso Presidente. Eu concedo com satisfação o aparte ao Deputado Rafael Leitoa.

O SENHOR DEPUTADO RAFAEL LEITOA (aparte) – Deputado Arnaldo, é um prazer poder conviver com V.Ex.ª nesta legislatura. Não o conheço, não posso dizer que conheço, obviamente, a fundo, como a gente teve o prazer e a oportunidade do Senhor dar a esta Casa a Deputada Nina Melo na legislatura passada, uma grande deputada, médica, amiga, que inclusive éramos próximos, apresentou vários projetos de lei, uma excelente médica porque também tive a oportunidade de ser consultado, porque ela é uma excelente cardiologista, enfim, dizer que obviamente V.Ex.ª traz um poço de sabedoria muito grande para esta Casa, principalmente para nós e para mim, apesar de estar no segundo mandato, mas sempre busco ouvir e aprender. Então, será uma honra dividir esses quatro anos aqui com V.Ex.ª. Sei que meu primo, Luciano, já o conhece há bastante tempo, já tiveram batalhas e debates junto com V.Ex.ª e dizer que nós também estamos à disposição para que a gente possa fazer um parlamento cada vez mais elevado e fazer jus àquilo que V.Ex.ª falou, isto é, que governo forte precisa realmente de um parlamento forte, inclusive no protagonismo de sua essência que é a legislação. E dizer que estamos à disposição e contamos também com a sua ajuda, com a sua experiência para que, sempre que for possível e necessário, nos chame para que a gente possa conversar e trocar as ideias para o bem e para o desenvolvimento do estado do Maranhão.

O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO – Deputado Arnaldo.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Pois não, Deputado Marcos. As palavras do Deputado Rafael Leitoa nos estimulam, mas eu quero fazer um reconhecimento aqui do tamanho da sua responsabilidade, deputado, num segundo mandato, convocado agora para liderança do governo. Não é fácil liderar uma bancada gigantesca como a que V.Ex.ª lidera hoje, que é a maior bancada que os governos conseguiram compor ao longo desses anos que aqui eu vivo. Então a responsabilidade é muito grande para um deputado de segundo mandato, e isso prova que V.Ex.ª tem talento e conquistou a confiança dos seus colegas e do seu grupo político. A responsabilidade maior também do parlamentar, eu sei que V.Ex.ª não se afastará da sua representatividade diante do povo do Maranhão na sua grande Timon, aquela cidade que eu adoro e admiro a pujança daquele povo, aquela força da cidade que V.Ex.ª representa. Então, meus agradecimentos e minha disponibilidade para colaborar naquilo que puder para o desenvolvimento da cidade de Timon e da nossa região. Na ordem, senhores deputados. Pela ordem, o Deputado Rigo Teles solicitou a palavra. Em seguida, o Deputado Marco Aurélio.

O SENHOR DEPUTADO RIGO TELES (aparte) – Deputado Arnaldo Melo, eu tive um aprendizado muito grande e ainda estou tendo com V. Ex.ª quando eu cheguei a esta Casa em 1998, quando já o encontrei como deputado estadual fazendo um excelente trabalho nesta Casa. Como V.Ex.ª falou, na época nós tínhamos ao seu lado um grande companheiro, o Deputado Humberto Coutinho, que também era deputado na época, Deputado Carlos Alberto Milhomem, Deputado Aderson Lago e tantos outros que já passaram por esta Casa e que deixaram o seu nome gravado nesta Casa e no coração do povo do Maranhão. V.Ex.ª defende muito bem o Estado. Mas defende muito mais uma região: a região do sertão onde V. Ex.ª sempre fez política, onde já exerceu o mandato de prefeito. A sua esposa Doutora Valderez já exerceu o mandato de prefeita daquele município. E aqui, nesta Casa, V. Ex.ª sempre trilhou em todos os caminhos. Vi sempre Vossa Excelência aconselhando muitos deputados no início nesta Casa, como era o trabalho da Casa. Sempre fazendo amizade. Inimizade não tenho conhecimento de nenhuma. Divergências políticas, claro. Aqui se tem nesta Casa desentendimento, divergências políticas, mas inimizade não. Eu vi sempre V. Ex.ª trabalhando nesse sentido de harmonizar esta Casa, trabalhar em conjunto com outros deputados. A prova é que, mediante o seu trabalho, ao longo de vários mandatos que Vossa Excelência tem, com essa experiência, V. Ex.ª foi Presidente duas vezes desta Casa Legislativa, presidente nosso. V. Ex.ª exerceu o cargo de Governador do Estado do Maranhão, que muito bem representou o Estado. Trabalhou pelo Maranhão e fez a sua parte. Elegeu em seguida a sua filha à deputada estadual e retornou a esta Casa. Então Vossa Excelência tem um legado de trabalho nesta Casa Legislativa. Com certeza eu, que já tenho vários mandatos, observo o trabalho de Vossa Excelência e me espelho no seu trabalho. E com certeza os deputados que estão iniciando o trabalho agora também admiram o posicionamento, o trabalho de Vossa Excelência que admirava pela nossa Casa Legislativa e pelo povo do Maranhão.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO - Deputado Rigo Teles, V. Ex.ª, que é detentor também de vários mandatos, sabe de como é penoso o trabalho de um parlamentar interiorano como nós. Mas eu quero, nesse raciocínio, dizer aos deputados que o Parlamento tem várias faces, inclusive a de comandar determinados projetos. E dentro desse raciocínio, Deputado Rigo, a Casa Legislativa, muitas vezes pelas prerrogativas nossas representativas, é arguida pelo Poder Executivo, convocando membros desta casa. Como certa vez, Deputado, eu fui convocado para a Secretaria das Cidades, no governo José Reinaldo. E eu tive a oportunidade de trabalhar nesse Maranhão inteiro e em todas as regiões. Nós conseguimos levar algum tipo de benefício. E, naquela época, nós tivemos a oportunidade de sentir - eu tive essa felicidade - de como é importante a interação entre os poderes, entre o Poder Legislativo, o Poder Judiciário, que nós vamos falar sobre essa relação depois, e o próprio Poder Executivo, que é quem comanda a aplicação correta dos recursos. Então, Deputado Rigo, é engrandecedor o mandato parlamentar se nós tivermos essa capacidade de nos articular. E aqui, na presidência da Casa, eu acho que procurei também, nessa mesma linha, manter essa interação com o Poder Judiciário e com o Poder Executivo. De modo que as suas palavras são rosas. E eu peço, até por distração minha, Senhor Presidente, que todos os apartes até agora auferidos sejam incluídos no texto da minha fala, Senhor Presidente, diretores da Mesa. Pela ordem, o Deputado Marco Aurélio.

O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO (aparte) – Deputado Arnaldo, digo da enorme alegria de fazer parte de uma legislatura junto com Vossa Excelência. Antes de eu estar deputado, eu já observava o poder de articulação que Vossa Excelência tem e o poder de agregar em uma eleição para Presidência que fez história nesta Casa e só ganhar a eleição não é interessante precisa fazer um bom trabalho e V. Exa. fez, e soube agora neste novo momento apoiar também um líder para que faça um bom trabalho, que é o Presidente Othelino, na legislatura passada tive a satisfação de conviver com a sua filha, Deputada Nina Melo, aqui nesta Casa, e vi a grandeza do trabalho que ela desenvolveu, uma pessoa muito focada na área que milita, que é na área da saúde, apresentou muitos projetos de lei , PECs garantindo direitos para os usuários da saúde pública e trouxe uma dignidade muito grande a representatividade que exerceu. E V. Exa. agora volta vindo de uma geração de grandes tribunos, mas sobretudo de pessoas com sensatez em tudo que fala, não é porque estamos em lados opostos, partidariamente, que não vou reconhecer a grandeza da sua liderança vindo de uma terra que parece que só tem a Rua do Cancão que todo mundo fala que é da Rua do Cancão, Márcio Jerry, Brandão, V. Exa. tanta gente da querida Colinas. Eu quero dizer que é uma honra muito grande fazer parte dessa legislatura com V. Exa. e sei que V. Exa. tem muito a ensinar sobre a política para esta geração que aqui está. Muito obrigado.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO - Deputado Marco Aurélio, o meu agradecimento inicial às palavras bondosas de V. Exa., não sei se as mereço, mas V. Exa. me surpreendeu, quando aqui chegou a bancada passada, eu participei da posse do Deputado Humberto Coutinho, V. Exas. naquele mandato e daqui me afastei. Procurei ao máximo ficar distante, até para dar espaço, para não sombrear o mandato da minha filha e nem sombrear também as ações do grande Presidente Humberto. Mas eu observava a sua atuação aqui: Deputado brilhante, diligente, presente, representando aquela gigantesca região que sou tão admirador, que é a Região Tocantina. E aqui neste canto do Maranhão, aqui na nossa região Leste, na realidade, eu às vezes não sei se eu moro aqui ou se moro lá. Tenho casa em Colinas, tenho casa em Passagem Franca. Mas aproveito esse seu aparte para lhe dizer que V. Ex.ª representa muito bem a Região Tocantina, como também quero saudar o recém-chegado Deputado Rildo, que eu comecei a admirá-lo pelas suas posições e, com certeza, haveremos de fazer um grande trabalho aqui. E aproveitar também para mandar uma grande mensagem para a minha querida Passagem Franca, a terra onde moro, onde criei minhas filhas e a terra pequena, mas que nunca me faltou. Então é a mais bonita da região.

O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO – Deputado Arnaldo, quando o senhor puder me conceda um aparte, por gentileza.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO - Pois não, Deputado. Mas o Deputado César Pires pediu o aparte. Concedo a palavra a V. Exa.

O SENHOR DEPUTADO CÉSAR PIRES (aparte) – Que Deus abençoe todos nós, Presidente. Presidente...

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Ex.

O SENHOR DEPUTADO CÉSAR PIRES - Eu gostaria de falar que também tenho V.Exa. com um carinho muito grande, somos vizinhos, inclusive, de que não há sorte, há um planejamento bem feito e focado e foi assim que V. Exa. fez e construiu sua vida parlamentar em todos esses mandatos. E aqui embaixo são raros os que têm o seu currículo político. V. Exa. conseguiu ser Secretário de Estado, Governador de Estado, Presidente desta Casa e Deputado por 07 mandatos, e no dia que fez opção de ser vice, elegeu a sua filha a qual eu tive o prazer de conviver. Uma Deputada fantástica guardando a sua genética de seriedade e dignidade. Eu quero desejar a V. Ex.ª nessa legislatura todo o sucesso, mais um sucesso. Ter a certeza de que vamos perfilar em defesa de toda uma sociedade e que sua história me encanta, engrandece e que aqueles que se aventurarem ao serviço público espelhe na sua obra, no seu trabalho e na sua vida de parlamentar e de família. Tenho você como amigo, quero fazer culto a esse processo todo e uma certeza, você continuará sendo um excelente Deputado nesta Casa.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Deputado César Pires, partindo de V. Ex.ª esses comentários, eu começo até a acreditar que realmente essas palavras bondosas suas são verdadeiras. Porque sei que V. Ex.ª sempre foi um Deputado estudioso, diligente, que acompanha os detalhes da vida parlamentar, só peço a Deus que me dê saúde e luz para continuar discernindo entre o certo e o errado e continuar sendo amigo de V. Ex.ª, parceiro aqui nesta Casa. E venho humildemente lhe pedir, lhe suplicar: continue também ao meu lado me orientando nos momentos de dificuldades, nos momentos de travessia que esta Casa de vez enquanto encontra, como momentos tenebrosos passados em tempos recentes na história desta Casa, que o meu discurso neste momento não cabe comentar os momentos difíceis que a Assembleia do Maranhão passou nesses quase 30 anos. Mas isso é assunto para outro momento. Muito obrigado, Deputado César. Eu peço, Senhor Presidente, Senhores Diretores da Mesa, que incluam no nosso pronunciamento os apartes dos Deputados Marco Aurélio e do César Pires. Concedo a palavra, pela ordem, ao Deputado Wellington do Curso.

O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (aparte) – Presidente Arnaldo, com todo o respeito ao nosso Presidente Othelino, mas é uma forma carinhosa de tratá-lo e de chamá-lo como Presidente. Eu já havia falado até para o Deputado Marcelo Tavares, nós teríamos aí durante a nossa convivência dois ex-Presidentes da Assembleia Legislativa, o Marcelo Tavares reassume a Casa Civil, mas quero registra a grata satisfação de na 19ª Legislatura compartilhar com V. Ex.ª. Muito antes de ser Deputado, a minha história de vida já traduz os meus posicionamentos na Assembleia e muito antes de ser Deputado, sem sangue na política, sem DNA político eu já acompanhava os trabalhos na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, acompanhava o seu trabalho como parlamentar, como Presidente desta Casa e nos últimos 04 anos tivemos também, de forma orgulhosa, de ter a presença da sua filha, a Deputada Nina Melo, que eu passei a ter um respeito, um carinho enorme. E ao conhecer as suas atividades, suas ações como médica, inclusive eu uma vez falei na tribuna, e pedi até desculpas a ela, de trabalhos voluntários que ela fazia. Então na primeira legislatura, a 18ª, eu tive a grata satisfação de fazer parte com a sua filha, a Deputada Nina Melo. E agora iniciando a 19ª Legislatura, com o seu convívio, com a sua sabedoria, com a sua experiência. Todas às vezes que eu me reportei, V. Ex.ª foi de forma muito atenciosa comigo, sempre muito respeitoso, muito atencioso, orientador, sempre um lorde inglês, sempre um grande amigo. Então que Deus o abençoe, que Deus lhe conceda sabedoria e serenidade nos próximos quatro anos. Com certeza, em muitas portas eu irei bater, inclusive no seu gabinete para conversar, para colher algumas informações, para perguntar, então tenha um pouquinho de paciência com o Deputado Wellington que ainda está no segundo mandato, mas iniciando uma trajetória de aprendizado. Com certeza, mais uma vez, a grata satisfação de estar participando da mesma legislatura com o grande Deputado Arnaldo Melo. Muito obrigado e que Deus o abençoe.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO - Deputado Wellington, eu quero fazer um rápido comentário sobre o aparte de Vossa Excelência em forma de agradecimento pelas palavras respeitosas que direciona a minha filha, Nina Melo, que há pouco saiu deste plenário. Muito obrigado por ela. Mas eu quero dizer a Vossa Excelência que eu tenho sido também admirador da sua presença nesta Casa, desde o primeiro mandato, pela forma pessoal, autêntica e independente com que Vossa Excelência se posiciona. Às vezes, muito polêmico, questionando o que parecia escondido. Para Vossa Excelência é natural. O Parlamento só é completo se tiver esse tipo de conduta. Eu sofri, deputado, nos primeiros anos, nos primeiros mandatos, senhores deputados, que eu não conseguia conceber lá da minha cadeira por que um colega se posicionava assim ou assado. Eu acho que estou no aprendizado ainda, mas já posso dizer que o Parlamento só é legitimo se for heterogêneo, então cada um de nós tem que defender suas bandeiras. Então, eu acho que Vossa Excelência vai continuar assim, fazendo um grande trabalho pelo Maranhão. Deputado Adriano.

O SENHOR DEPUTADO ADRIANO SARNEY (aparte) – Deputado Arnaldo Melo, Presidente, é uma honra muito grande ter V.Ex.ª na mesma legislatura que eu participo, uma pessoa, um homem público, um homem que tem história, que foi presidente desta Casa, que vem de uma linhagem política como nós mesmo conversamos ontem e V.Ex.ª me mostrou, uma linhagem política da altíssima dignidade, que vem do seu tio uma tradição no Sertão maranhense. Foi presidente desta Casa, foi governador do estado do Maranhão, um excelente governador, um excelente presidente, fiel, amigo dos amigos e aqui vem para dar a sua aula. Eu acredito quando me perguntam: Adriano, nessa legislatura, qual vai ser a diferença da última? Eu vou falar: a diferença dessa legislatura é que teremos homens como Arnaldo Melo, com experiência, ex-presidente da Casa e que vai agregar muito na nossa vida parlamentar. Então, Deputado Arnaldo, meus parabéns pelo seu pronunciamento, boa sorte em mais esse mandato e pode contar com o Deputado Adriano aqui sempre como seu amigo e seu aliado. Um grande abraço.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Deputado Adriano, obrigado por suas palavras de incentivo e de apoio. Quero lhe dizer que desejo sucesso como parlamentar. V.Ex.ª chegou aqui também no mandato passado, eu não tive nenhuma surpresa do seu desempenho, pois conheço a sua formação familiar, a sua formação política e a sua formação intelectual e moral, então não tenho dúvidas de que será um deputado brilhante, defendendo as causas e os interesses do Maranhão. V.Ex.ª, que no momento deverá ser indicado como líder de uma bancada, tem essa imensa responsabilidade de representar. Conheço os pronunciamentos de V.Exa. Pela mídia, acompanhava durante este último mandato. E aqui em tudo o que eu puder colaborar com V.Exa., principalmente nos encaminhamentos das suas proposições, que sejam boas para o Maranhão, conte comigo, irretratavelmente, como fiz o compromisso há pouco com os outros colegas deputados. Obrigado pelas suas palavras bondosas e de incentivo. E peço que incorporem o aparte do Deputado Adriano também no meu pronunciamento. Senhores deputados, eu acho que já extrapolei o tempo. Não sei. Gostaria de consultar a Mesa, porque como eu disse, eu procuro ser guardião do Regimento e da Constituição. Gostaria de saber sobre o tempo. Eu, então, ainda tenho a complacência da Mesa. Muito obrigado.

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO DR. YGLÉSIO – Só para lhe informar, já está com 12 minutos, Deputado. Pode falar, prossiga.

O SENHOR DEPUTADO ARNALDO MELO – Mas eu acho que o nosso pronunciamento, a nossa passagem aqui pela tribuna não fere de morte o nosso Regimento, porque nós estamos, na realidade, fazendo aqui uma saudação ao povo do Maranhão, que deu essa oportunidade. Quero agradecer aos eleitores que em mim confiaram. Eleitores de todas as regiões do Maranhão. Isso é a natureza de todo deputado com muitos mandatos. Na região fronteiriça da Boa Vista do Gurupi, fronteira com o Pará, Barão de Grajaú, fronteira com o Piauí, nossa querida cidade de Grajaú. Alguns votos na região Tocantina, na região dos Lençóis e aqui na capital, na nossa querida São Luís. São palavras de agradecimento, dizendo que tudo isso é sob o comando de Deus, nosso criador. Muito obrigado.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA