11/03/2019 - Pequeno Expediente Dra. Helena Duailibe

Dra. Helena Duailibe

Aniversário: 30/12
Profissão: Médica

Discurso - download do áudio



A SENHORA DEPUTADA DR.ª HELENA DUAILIBE (sem revisão da oradora) - Senhor Presidente da Mesa Deputado Othelino Neto, Sra. Deputada Cleide Coutinho, Deputado César Pires, colegas Deputados, imprensa falada e escrita. Ainda há pouco eu vi o Deputado Rubens Pereira Júnior que está aqui nos abrilhantando com a sua visita, nesta tarde na Assembleia, e também com muito orgulho a Secretária da Mulher, Deputada Ana do Gás, nos visitado nesta tarde de hoje. E na galeria eu queria saudar o João Lucas que está nos assistindo. Primeiro eu queria fazer um agradecimento a imprensa falada e escrita, um agradecimento muito especial a V. Exas., colegas Deputadas, que me elegeram Procuradora da Mulher. É uma responsabilidade muito grande suceder a Deputada Valéria Macedo e é uma responsabilidade muito grande também tendo a confiança de todos os colegas Deputados. Eu queria falar que esta Procuradoria é de todos nós. Por isso eu conto, continuo contando com o apoio, com a colaboração, com a ajuda. Aquele espaço é um espaço de todos nós e eu quero dividi-lo para que todos nós sentemos, trabalhemos e façamos um bom trabalho em defesa da mulher maranhense. A figura da mulher de elemento secundário passou a ser algo extremamente importante na sociedade atual onde ela exerce cada vez mais um papel de protagonista, embora ainda sofra com as heranças históricas do sistema social patriarcalista em seu dia a dia. Com o tempo, graças às lutas promovidas, a mulher conseguiu aumentar o seu espaço nas estruturas sociais abandonando a figura de mera dona de casa e assumindo postos de trabalho, cargos importantes em empresas e estruturas hierárquicas menos submissas. Se comparados a milênios de inferiorização, submissão e desqualificação, os avanços conquistados arduamente nas últimas décadas, são pequenos, mas fundamentais para a consolidação do processo histórico e cultural da mulher ao lado do homem com as mesmas possibilidades de ser na sociedade. A mulher se depara ainda hoje com essa contradição, por um lado uma herança histórica que a limitou a ser mãe e esposa, por outro a possibilidade de escolher seu futuro e se fazer sujeito de sua história, bem como da humanidade em pé de igualdade com o sexo masculino. Porém, é no interior dos lares que vem à tona o lado mais obscuro e cruel desta contradição, muitas vezes com a conivência da própria vítima: a violência doméstica do marido ou companheiro da mulher. Quando se fala em violência doméstica contra a mulher, depara-se com um fenômeno histórico e cultural aterrorizante e invisível, por ser uma violência velada, uma vez que chega ao conhecimento público parte da realidade existente. Por isso a superação da violência contra a mulher é uma questão complexa e merece muito estudo e conscientização da população e diálogo entre famílias, para que um dia essa violência possa vir ser efetivamente erradicada. Percebe-se que a luta das mulheres pela conquista de direitos de igualdade ainda não atingiu um patamar aceitável pela população feminina, pois a mulher continua sendo discriminada, alijada do poder, e os índices de violência praticados contra elas são alarmantes. Pode-se constatar que a criação das delegacias femininas foi um grande avanço na conquista de grupos feministas que lutaram e exigiram de seus governos maior comprometimento com a causa feminina cujos maus tratos por parte dos seus companheiros não poderiam continuar no âmbito privado. E eu tenho certeza que, com o apoio do nosso Presidente, nós vamos conseguir também trabalhar muito nas regiões, nos municípios e levar esse trabalho que a Assembleia Legislativa tem procurado fazer aqui com a Procuradoria da Mulher para todas as câmaras municipais, para todos os municípios dos duzentos e dezessete municípios do Maranhão. E, para finalizar, Presidente, eu queria também registrar que sábado foi a abertura da Campanha da Fraternidade 2019. Uma Campanha que nós queremos destacar que este ano tem como o tema: Fraternidade e Políticas Públicas. Em documento o Papa convidou os cristãos a se prepararem para a vitória em Jesus Cristo, por meio de práticas, penitências de jejum, da esmola e da oração. E essa campanha só começou. Ela se estende por todo o ano. E é importante que nós, cristãos, acompanhemos esse tema tão importante deste ano, que é Fraternidade e Políticas Públicas. Muito obrigada.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA