16/05/2019 - Pequeno Expediente Rigo Teles

Rigo Alberto Teles de Sousa

Aniversário: 08/06
Profissão: Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO RIGO TELES (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, Senhores Membros da Mesa, Senhoras e Senhores Deputados, imprensa, galeria. Senhor Presidente, no início da semana passada, eu usei aqui a tribuna desta Casa, para fazer algumas denúncias lá do município de Barra do Corda, especificamente com o problema que vem acontecendo com a morte de recém-nascidos naquele município, mais precisamente no Hospital Materno Infantil de Barra do Corda. E cobrado realmente pela população, que é de direito, nós estamos aqui representando a população do estado do Maranhão. E de direito temos que ser cobrados, porque somos os legítimos representantes. Recebi inúmeros documentos. Aqui tem um documento, com sessenta e uma páginas, de um laudo de necropsia. O documento de uma família, que a mãe, sentindo várias dores para ter o parto, indo ao Hospital Materno Infantil, era atendida somente pelas enfermeiras, que pediam para retornar a sua residência. A mãe, já de tanta dor, não aguentando mais, chegou ao desespero. Chegou ao hospital pedindo que queria, porque queria, ter o filho. Não aguentava mais dor. Como já tinha passado o tempo, chegou a óbito. E a família tomou todas as providências. Coisa triste que tem um pen drive aqui onde a família chora, chora pedindo justiça. Onde o pai enterra o bebê e, com menos de 24 horas, desenterra esse mesmo bebê e entrega para o delegado fazer o laudo da necropsia, para levar para o município de Imperatriz. Olha a tristeza de um pai desses! E nós encaminhamos essa denúncia ao Excelentíssimo Senhor Dr. Marcelo Santos Correia, Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, da Procuradoria da República no Maranhão. Encaminhamos a denúncia com documentos, formulários todos. E também ao Excelentíssimo Doutor Procurador Geral de Justiça do Estado do Maranhão, Dr. Luiz Gonzaga Martins Coelho da mesma forma também os documentos. E, dentre todos esses documentos, nós recebemos aqui denúncias feitas pelas entidades representativas do município de Barra do Corda, que pedem aqui que a Comissão de Transparência, Governança e Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado Federal tome as providências referentes ao município de Barra do Corda, tome as providências sobre o hospital Materno Infantil e precisamente da gestante, de recém-nascidos que chegaram a óbito. Que a Comissão do Senado possa tomar todas as providências. Assim nós encaminhamos. E esses documentos, Senhoras Deputadas e Senhores Deputados, estão aqui subscritos por associações, fundações, clube de mães, por representatividade do município de Barra do Corda. O documento é assinado pela governança do Polo de Turismo de Barra do Corda, é assinado pela CAIBC - Associação Comercial Agrícola e Industrial de Barra do Corda, pela CDL - Clube dos Diretores Lojistas de Barra do Corda, pelo Sindicato dos Lojistas de Barra do Corda, pela OAB Seccional de Barra do Corda, pelo SINRURAL - Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra do Corda, pelo Clube de Mães, de Barra do Corda, por alguns vereadores que assinaram, pedindo que fossem tomadas todas as providências no caso da morte dos recém-nascidos. E nós fizemos aqui a denúncia, mostramos aqui, no dia do meu pronunciamento, eu pedi que tirasse essas fotos, está aqui, quando no ano de 2012, por meio de uma Emenda Parlamentar, de minha autoria, destinei quinhentos mil reais ao município de Barra do Corda. E o município adquiriu os equipamentos para a instalação da semi-UTI Neonatal, que aqui estão os documentos, que todos os documentos foram fotografados, mostrar aqui mais uma vez com os berçários, com todos os equipamentos da UTI Neonatal, inaugurado em agosto de 2012. Toda a documentação está aqui com os berçários, tudo isso aqui formulado a denúncia. E o que nós estamos pedindo é que dê notícia onde está o paradeiro desses berçários da semi-UTI Neonatal, no Hospital Materno Infantil, de Barra do Corda. E agora, a Câmara Municipal vendo todo esse desmando, a Câmara Municipal de Barra do Corda, por meio do vereador João Pedro Freitas da Silva Filho, encaminhou um Requerimento para a criação de uma CPI. Em Barra do Corda, a Câmara de vereadores, Senhor Presidente, é composta de 17 vereadores. Para criar a CPI precisava de 6 assinaturas. No início, essa CPI já vem rolando há quase um mês, para que seja criada, no início ela foi subscrita pelo vereador João Pedro, subscrita pelo vereador Nem do Swan, pelo vereador Jaile, pelo vereador Eteldo. E agora, na terça-feira passada, dia 14, a CPI faltava a 6ª assinatura, o Presidente daquela Casa, quero aqui justificar, o Presidente Gil Lopes, parabenizar a Câmara Municipal de Barra do Corda, também na pessoa do Presidente Gil Lopes, assinou a CPI. Então, já consta aqui as 6 assinaturas para a abertura e a instalação da CPI para apurar as mortes de recém-nascidos em Barra do Corda. Então, a Câmara Municipal já vai tomar todas as providências, por meio dos vereadores que assinaram a CPI. Aqui eu parabenizo todos por essa bravura, por esse trabalho e está sabendo que está representando realmente com dignidade o povo de Barra do Corda. Então, a CPI já vai ser instalada, vai ser criada para que apure todos esses desmandos. Mas, Senhor Presidente, eu recebi também no nosso gabinete mais uma denúncia grave. São denúncias e denúncias e denúncias, Deputado Hélio Soares, um patamar de denúncias que vêm do município de Barra do Corda. Pasmem, senhores, é vergonhoso isso acontecer, em pleno século XXI, você vê crianças recém-nascidas morrerem. São várias, mais de 12 recém-nascidos morrerem em Barra do Corda. As mães não querem mais ter os seus filhos no Hospital Infantil de Barra do Corda, mas lá não tem outro hospital, só o Materno Infantil, por isso estão saindo para outros municípios porque têm medo de ter os filhos nesse hospital. Agora chega ao nosso gabinete, já está estampado nos blogs do estado e de fora do Maranhão, mais um escândalo da Prefeitura de Barra do Corda. Empresa representada pelo motorista de Eric Costa, prefeito de Barra do Corda, faturou 111 milhões no município. A sede dessa empresa aqui, que está em nome de um motorista do prefeito, deputada Daniella Tema, encontra-se na cidade de Tuntum. Mandei verificar in loco a residência, o local onde é o escritório da empresa. É uma residência, deputado Hélio, de uma pessoa humilde, uma senhora muito humilde, uma residência mais humilde ainda, quer dizer, nunca funcionou empresa nenhuma. Aqui tem um faturamento onde a empresa faturou dos cofres dos municípios de Barra do Corda, empresa do motorista do prefeito de Barra do Corda: em 2013, R$ 2.857.300,00; em 2014, R$ 3.571.625,00; em 2015, R$ 3.328.760,00; em 2016, R$ 1.714.380,00, perfazendo um total de R$ 11.572.065,00. Esta empresa está com a sede no município de Tuntum, mas lá se encontra uma residência de uma pessoa muito humilde, muito humilde, onde nunca funcionou empresa alguma nessa residência, nem no município de Tuntum, muito menos nesse bairro ou nessa rua. Então, senhor presidente, são inúmeras denúncias, são denúncias e denúncias por cima de denúncias. É escancarado o que vem acontecendo no município. É de envergonhar os barracordenses. É de envergonhar o Maranhão. É de envergonhar o Brasil. Os desmandos que estão acontecendo no município de Barra do Corda exigem medidas a serem tomadas e serão, pois não medirei esforços para levar todas essas denúncias em frente e ver os culpados serem punidos porque os recursos são desviados, as crianças no hospital morrendo por falta de atendimento, falta de medicamentos enquanto você vê aqui desvios de recursos de uma empresa em nome de um motorista de um prefeito. Pasmem, senhores, é muito óleo de peroba que está faltando na cara desse prefeito.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA