06/06/2019 - Expediente Final Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, eu volto a ocupar a tribuna da Assembleia Legislativa, para pautar as nossas ações dessa semana. As nossas ações desta semana foram pautadas em defesa dos trabalhadores. As nossas ações durante toda a semana foram pautadas em defesa dos trabalhadores. Em defesa dos cobradores e motoristas de ônibus do transporte público de São Luís, não vamos permitir, não vamos deixar que os cobradores sejam demitidos. Até porque tem uma Lei Municipal, a Lei n° 3.430, que estabelece que no transporte público de São Luís tem que ter motoristas e cobradores. Tem inclusive, estabelecendo as funções dos motoristas, dos cobradores, e a torna obrigatório, estabelece a obrigatoriedade. O transporte público em São Luís tem que ter motorista e cobrador. E como que agora, estão desrespeitando uma Lei Municipal e vão demitir cobradores? Nós não vamos permitir. E os cobradores e motoristas de ônibus de São Luís não estão sozinhos. Estamos nessa luta, vamos dar o total apoio e a luta está só começando, não vamos permitir - não vamos permitir - e não vamos permitir. Já oficiamos o Ministério Público Federal, Ministério Público do Trabalho, Promotoria do Consumidor, Defensoria Pública. Estamos de todas as formas, com todas as nossas forças lutando em defesa dos cobradores e motoristas de ônibus. Como eu falei no início, os cobradores e motoristas de ônibus estão fazendo uma paralisação, para sensibilizar a sociedade, conscientizar a sociedade que quem vai perder é o usuário do transporte público, é o trabalhador, é o estudante, é a dona de casa que utiliza o transporte público. Como eles vão perder? Eles vão ter um tempo maior para chegar no trabalho porque vai engarrafar, vai tumultuar. O motorista tem que dirigir. O motorista tem que passar o troco e ainda tem que cuidar da segurança dos passageiros. E os problemas já começaram. Então nós estamos em defesa de cobradores e motoristas de ônibus de São Luís e em defesa dos usuários de transporte público. Mas, como falei no início, a nossa semana foi toda pautada em defesa dos trabalhadores. Os trabalhadores do transporte público e também dos trabalhadores do serviço público do Estado do Maranhão. No início da semana, defendemos os funcionários do teleatendimento do 190. Estavam com três meses atrasados, depois da nossa denúncia, depois da nossa cobrança evidenciando o problema, ontem à noite, pagaram dois salários atrasados, mas ainda resta um, ainda tem um salário atrasado. Então, por gentileza, Governador Flávio Dino, honre com os seus compromissos. Deixe de ser caloteiro e pague o teleatendimento do 190. Pague o teleatendimento do CIOPS, que ainda falta um mês em atraso. Na semana também, nós estivemos aqui defendendo os servidores do Detran, que estavam em greve. E o Governador Flávio Dino perseguindo, prejudicando os servidores do Detran. E nós pautamos ontem nossas ações. Inclusive avisamos, já preparamos uma Indicação solicitando ao Governador Flávio Dino que possa apreciar a possibilidade de conceder o reajuste inflacionário a todos os servidores públicos do Estado do Maranhão. Em defesa de todos os servidores públicos do Estado do Maranhão, nós estamos solicitando ao Governador Flávio Dino, que possa fazer a reposição inflacionária e o reajuste nos salários de todos os servidores públicos, sejam professores, sejam policiais civis, sejam servidores da Secretaria de Administração, Secretaria de Fazenda, Secretaria de Planejamento, Secretaria de Cultura, Secretaria de Esportes. Todos os servidores públicos do Estado do Maranhão, contem com a nossa luta, contem com o nosso apoio. E estamos fazendo esse enfrentamento para que o Governador Flávio Dino possa fazer o reajuste inflacionário das perdas inflacionárias dos últimos cinco anos. E, na última sexta-feira, nós estivemos também reunidos com o Sindicato dos Policiais Civis, um sindicato aguerrido, um sindicato determinado, um sindicato que defende a sua categoria. E eu quero parabenizar o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Maranhão. E hoje, Deputado Adriano, traz uma questão de suma importância, que o Governador Flávio Dino, ao invés de dar garantias, direitos, benefícios para os servidores públicos do Estado do Maranhão, para os policiais civis do Estado do Maranhão, ele quer retirar os benefícios. Estive na reunião com os policiais civis e a luta pelos 21,7%, a luta por mais 14%, que é o reajuste inflacionário, a reposição inflacionária nesse período. Então o Sindicato dos Policiais Civis nós estamos agendando. Conversei agora pouco, após o pronunciamento do Deputado Adriano. Nós já agendamos para a próxima terça-feira. Dia 11, às 8h30 da manhã, nós estaremos recebendo policiais civis, Sindicato dos Policiais Civis para tratar desse assunto. Após filtrar essas informações, nós estaremos também levando para a Comissão de Segurança desta Casa, que chegou agora há pouco o Deputado Rildo Amaral, iremos colocar para apreciação também na Comissão de Segurança. Então, esse projeto de lei retira benefícios e garantias de policiais civis, portanto, nós faremos enfrentamento a partir de agora e estamos convidando, convocando o sindicato e os policiais civis do Estado do Maranhão para uma reunião na próxima terça-feira, dia 11, na Sala de Comissões, de autoria do Deputado Adriano e do Deputado Wellington do Curso. Então, em conjunto com o Deputado Wellington e o Deputado Adriano, faremos uma reunião em defesa dos policiais civis do Estado do Maranhão. Será a oportunidade mais uma vez de cobrar a quebra da cláusula de barreira no concurso da Polícia Civil, além disso, solicitar a nomeação imediata de mais de 300 policiais, investigadores, papiloscopistas, peritos e delegados. Mais de 300 policiais aprovados no último concurso estão aguardando a nomeação, então, hoje, mais uma vez, vou apresentar uma indicação para que o Governador Flávio Dino aprecie a possibilidade da nomeação imediata de policiais civis, são mais de 300 policiais civis que aguardam a nomeação. Também não posso deixar de falar dos policiais militares no estado do Maranhão. A nossa defesa dos policiais militares civis que estão na ativa com 2.700 policiais que realizaram o curso de formação e estão aguardando nomeação. Além disso, nós temos também sub judice do concurso da Polícia Civil, da Polícia Militar de 2012 e sub judice do concurso da Polícia Militar de 2017 para 2018. Então, a nossa defesa para a nomeação de 1.700 policiais militares formados e não nomeados que estão desempregados pelo Governador Flávio Dino, também a nomeação dos sub judice de 2017 e de 2018. A nossa luta é em defesa dos servidores públicos do Estado do Maranhão. A nossa luta é em defesa dos policiais civis do Estado do Maranhão. A nossa luta é em defesa do policiais militares do Estado do Maranhão, mas também daqueles que estudaram, daqueles que se esforçaram, que fizeram por merecer, passaram no concurso público sem depender de pistolão, sem depender de amizade, sem depender de quem indique, sem ser necessário se filiar a um partido político, sem precisar estar babando o Governador Flávio Dino, sem precisar estar lambendo o sapato do Governador Flávio Dino. Homens e mulheres que estudaram, homens e mulheres que dignamente passaram no concurso da Polícia Militar, passaram no concurso da Polícia Civil. É preciso falar a verdade. É preciso fazer enfrentamento porque o Governador Flávio Dino não está preocupado nem com a segurança pública da população, nem está preocupado com a Polícia Militar e com a Polícia Civil. E sabe por que, Senhoras e Senhores? Porque ele não anda de carro. Ele anda de helicóptero. Ele não vê os buracos, ele passa por cima. E sabe por que não está preocupado com segurança? Porque ele tem mais de 20 seguranças, mais de 20 policiais fazendo sua segurança particular. É um absurdo, mas assim age o governo comunista. Acorda, Maranhão. Acorda, população do Maranhão. Chegou o tempo de olhar que essas mudanças estão chegando e que todos foram enganados pelo governo comunista Flávio Dino. Para concluir, Senhor Presidente, a nossa luta, durante essa semana, foi pautada na defesa dos trabalhadores do Estado do Maranhão, sejam cobradores e motoristas, como também de trabalhadores no serviço público, que Deus abençoe a todos, um ótimo trabalho para todos.

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLALBERT CUTRIM - Não há mais oradores inscritos. Nada mais havendo a tratar, declaro encerrada a presente Sessão.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA