10/06/2019 - Pequeno Expediente Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, demais Membros da Mesa, senhoras e senhores deputados, galeria, imprensa, internautas, telespectadores que nos acompanham por meio da TV Assembleia, o nossa mais cordial boa tarde, que Deus seja louvado. Senhor Presidente, na última sexta-feira, por volta de 7 horas da manhã, nós acompanhamos cobradores e motoristas de ônibus de São Luís, que fizeram uma paralisação no centro da cidade, na Avenida Cajazeiras, mas de forma pacífica, de forma respeitosa, não pararam o trânsito na cidade; pelo contrário, fizeram uma manifestação, fizeram o ato durante o sinal fechado. Então o sinal estava fechado, eles faziam a mobilização e aquela conscientização com motoristas, cobradores, com a população. E eu estive, logo desde de cedo, acompanhando essa movimentação e o relato de cobradores que já estavam demitidos, de cobradores que estavam sob ameaças, de cobradores que estão aflitos. E, mais uma vez, se ressentindo e reclamando do sindicato, que o sindicato tem sido omisso, que o sindicato não tem sido participativo, que o sindicato não tem defendido a categoria. Inclusive tudo foi organizado por um movimento independente. Movimento dos cobradores e motoristas unidos. Realizaram a paralisação. E aí eu quero agradecer o apoio da Polícia Militar, do Coronel Wellington e toda sua guarnição que deram apoio para os manifestantes, deram apoio para os cobradores, inclusive minha equipe, que foi monitorando a caminhada dos cobradores, dos motoristas até o centro da cidade, até a Defensoria Pública, onde fomos recebidos pelo defensor Dr. Gabriel Furtado e mais outros defensores e também com a participação de quatro vereadores, Vereador Marcial Lima, Vereador César Bombeiro, Vereador Ricardo Diniz e Vereador Marquinhos. Tratamos de uma questão de suma importância e aí solicitamos o apoio da Defensoria Pública em duas linhas, em duas vertentes, na defesa do consumidor, da precarização dos serviços para a população, para usuário do transporte público e também dos direitos humanos em defesa dos cobradores que estão sendo demitidos. Nós constatamos, nós verificamos in loco vários ônibus que estão já trafegando em São Luís sem o cobrador. Eu quero registrar, na tarde de hoje, que, no Tibiri, um motorista, fugindo de um assalto, deu ré, bateu em um caminhão que estava sem freio de mão e adentrou uma residência, quebrou o muro da residência. Então, vejam, Senhoras e Senhores, os vários problemas que já surgem pela falta de cobrador. O motorista, além de dirigir, tem que cobrar, passar o troco e ainda tem que cuidar da segurança dos passageiros. É algo inadmissível! Não somos contra o desenvolvimento, não somos contra a tecnologia, mas estamos incondicionalmente em defesa dos cobradores do transporte público em São Luís e em defesa do usuário de transporte público. Fizemos representação no Ministério Público Federal, na Promotoria do Consumidor e também na Defensoria Pública em duas Defensorias: Direitos Humanos e do Consumidor. E quero, neste momento, também, Senhor Presidente, defender o usuário de transporte público em Imperatriz. Depois da denúncia em São Luís, muitos usuários do transporte público em Imperatriz vieram fazer reclamação: “Deputado Wellington, leve para a tribuna da Assembleia o problema grave que nós estamos passando aqui”. Na capital, tem passagem de ônibus que chega até três reais, um absurdo que a passagem de ônibus em Imperatriz custa quase quatro reais. Ônibus sucateados, ônibus velhos. Hoje eu recebi uma reclamação de uma pessoa de Imperatriz que disse: “Deputado, estou na parada desde seis horas da manhã e o ônibus não passou”. Então o problema do transporte público não é só na capital, não é só em São Luís, mas também sendo discutido na cidade de Imperatriz, cuja população pediu o nosso apoio, pediu a nossa atenção e assim estamos fazendo. Senhor Presidente, quero só fazer um registro de que tanto os professores e os interessados a participar do julgamento do incidente de resolução de demandas repetitivas do concurso de 2009. Uma das primeiras pautas do Deputado Wellington nesta Casa, assim que chegamos, foi tratar da nomeação dos aprovados no concurso de 2009 para professores. Realizamos várias audiências públicas acerca de um concurso que já está judicializado e agora serão julgados, na próxima quarta-feira, os incidentes de resolução de demandas repetitivas. O nosso apoio incondicional aos servidores públicos do Estado do Maranhão, mas, neste momento, neste recorte, em defesa dos professores do Estado do Maranhão. Estaremos não só acompanhando, mas fazendo a divulgação. Amanhã teremos uma reunião também com os professores para tratar dessa problemática, dessa situação, e eu creio, eu acredito que os professores sairão vencedores. Como que o Governador Flávio Dino está contratando temporariamente professores, tendo professores aprovados no concurso aguardando para serem chamados? Então, acreditamos que a Justiça vai autorizar o Governo do Estado a nomear esses professores que já foram aprovados no concurso de 2009. Em nome de uma educação pública de qualidade, em nome de uma educação pública de qualidade, com professores valorizados, com professores concursados, trabalhando na rede, com certeza, nós teremos o que os nossos alunos merecem: um ensino público de qualidade. Nossos parabéns a todos os professores da rede pública do Estado do Maranhão, o nosso apoio incondicional a todos os professores.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA