11/06/2019 - Tempo dos Blocos Vinicius Louro

Vinicius Louro

Aniversário: 24/01
Profissão: Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO VINÍCIUS LOURO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, Senhoras Deputadas e Senhores Deputados, membros da galeria, internautas, telespectadores da TV Assembleia, funcionários deste Poder. Senhor Presidente, o que me traz mais uma vez a esta tribuna é para falar que, no sábado, nós estivemos na cidade de Peritoró, onde fomos fazer presença, participar de uma grande inauguração da Casa da Caridade Irmã Antonieta De Logun. Um projeto criado pela Igreja Católica, da cidade de Peritoró, e que vai acolher pessoas carentes oriundas de vários lugares da região. É coordenada pela Irmã Naide e Leandro, e à noite houve uma missa em memória da Irmã Antonieta, onde foi realizado no local, e conduzida pelo padre Franklin, onde eu quero aqui lhe agradecer, desde já, pelo convite, e eu fiquei muito feliz de comparecer nessa Casa de Caridade. Quero aqui reafirmar meu compromisso e dar assistência e contribuir para que a Casa tenha o suplemento necessário para atender cada pessoa. Lá, Senhoras e Senhores Deputados, estiveram presentes junto comigo o Presidente da Câmara, o vereador Naldo Lisboa, os vereadores Sales, Henrique Jansen, Clemilson Viana, Jonadson, as lideranças políticas, Serapião Louro, Ana do Chico Branco e Edinho, que fazem parte do PL, da cidade de Peritoró, o ex-prefeito de Coroatá Luís da Amovelar e sua esposa, dona Joana, o secretário do gabinete do prefeito, Francisco Silva, entre outros presentes. Foi uma inauguração que deu muita gente, ali muitas pessoas, pessoas essas que já vêm contribuindo, colaborando para que essa Casa realmente já com pé direito e lá também nós fizemos nossa doação, porque nós entendemos da importância quando aquelas pessoas de outras cidades, de outros Estados chegam na cidade de Peritoró que, além de ser uma cidade de povo muito ordeiro, hospitaleiro. Mas as pessoas ficam ali abandonadas, essa Casa de Apoio vai assistir justamente a essas pessoas. Estivemos também acompanhando crianças ali que estão fazendo um curso, aulas de flautas, de violino, que é um projeto da Igreja Rainha de todos os Santos e onde as irmãs tomam conta e pagam professores para ensinar essas crianças. Então, Deputado Yglésio, é muito importante essas Casas de Apoio que vêm sendo abertas no Estado do Maranhão, por pessoas que se sensibilizam com a integridade de outras pessoas fazendo um social muito importante e nós que somos aqui representantes do povo, estamos aqui junto à classe política maranhense. Nós temos também que pegar esses exemplos e ampliar para outras cidades, Deputado Leonardo Sá, no intuito de ajudar, de ver ao próximo, fazer o bem sem olhar a quem, e isso é muito importante. Eu, como em todas as cidades do Maranhão, mas principalmente na região do Médio Mearim, eu tenho essa atenção redobrada, porque eu sei que realmente aquela cidade de Peritoró recebe pessoas ali que às vezes chegam até a cidade de Peritoró indo para destinos distantes e, às vezes, não têm nem o que comer e esta casa é um lugar pra dormir, e essa casa ela vem justamente pra atender a essas pessoas. Então quero parabenizar aqui o pároco daquela cidade, o padre Franklin, tanto também como o Leandro, a irmã Naide, porque fez um grande trabalho. Uma casa mesmo que é digna daquele povo. E quero aqui pedir a sensibilidade dos deputados e quem puder doar algum eletro ou mantimentos mesmo, que possam doar para atender essas pessoas. Eu também, Presidente Othelino, nessa visita que eu tive em Peritoró, um tema em que eu tenho batido bastante, tenho cobrado bastante e às vezes eu fico até um pouco chateado, Deputado Zito Rolim, é a questão do Banco do Brasil da cidade de Peritoró. É inadmissível um povo ali trabalhador, um povo que quer movimentar os seus proventos, suas rendas familiares não tem a atenção da Superintendência do Banco do Brasil no tocante para abrir aquela agência. Foi um banco que foi assaltado muito tempo atrás. Ele já foi reformado. E aí o que a gente precisa é que o Banco reabra para atender essa população. Está tendo só atendimentos lá pequenos, superficiais. E a população para sacar o seu dinheiro, para fazer qualquer movimentação bancária tem que se deslocar para Pedreiras ou para Coroatá, rodando quilômetros. E ali aquelas pessoas que vão pegar esses recursos acabam comprando nessas cidades mesmo, como Coroatá, Pedreiras e outras que têm o Banco do Brasil aberto. E aí vai diminuindo o comércio local, diminuindo toda aquela circulação do dinheiro na cidade, e aí é um pedido.

O SENHOR DEPUTADO ZITO ROLIM – Me permita um aparte, Deputado Vinícius.

O SENHOR DEPUTADO VINÍCIUS LOURO – Com certeza, Deputado Zito Rolim. É um pedido ali do vereador Sales, do Serapião Louro, da Ana do Chico Branco, do Etinho, do Jorge, do Branco. E aí eu já tinha movimentado isso no pleito passado. Nós estivemos no Banco do Brasil e agora novamente nós vamos mexer para que isso possa acontecer na cidade de Peritoró. Deputado Zito Rolim.

O SENHOR DEPUTADO ZITO ROLIM (aparte) - Deputado Vinícius, na verdade, eu já tenho conhecimento naquela situação lá. E fui procurado para que a gente procurasse viabilizar a reabertura daquele banco. Mas foi em 2016 a última vez que o banco foi assaltado e depredado. E, na verdade, eu não falei com a superintendência. Estava me preparando para ir lá falar com o superintendente. Mas lá em Codó eu falei com o gerente da agência de Codó, falando dessa questão ali próximo e tal. E disse para ele: “Eu vou na superintendência para ver a possibilidade de reabrir o banco”. Porque, na verdade, é muito difícil para eles. E além dessa outra questão de quem vai receber o seu dinheiro e vai fazer uma transação bancária em uma cidade, no município, normalmente o recurso fica por lá, grande parte. Mas o gerente do Banco do Brasil de Codó me falou que hoje tornou-se inviável o funcionamento daquele banco lá, por conta dos prejuízos dos últimos tempos que vinham acontecendo lá em Peritoró. Me parece que foi a terceira vez que o banco foi arrobado e estourado. E ele não vê nenhuma possibilidade. E isso foi agora sexta feira que eu falei com o gerente. Mas isso não impede de a gente ir lá mais uma vez, aliás, ir lá na superintendência e mostrar que essas coisas são assim mesmo. O banco não quer ter prejuízo para os munícipes de Peritoró, para o comercio de Peritoró. Então ele não pode olhar só o lado do banco; tem que olhar também o lado do povo e do lado do município. Então nós estamos aqui e possamos nos juntar a V. Ex.ª e irmos na superintendência para ver a viabilidade da reabertura do banco de Peritoró.

O SENHOR DEPUTADO VINÍCIUS LOURO - Deputado Zito, muito obrigado pelo aparte. E eu acho muito importante unirmos forças para que possamos reabrir o banco. O que V. Ex.ª relatou isso é verdade, haja vista que também conversando... Hoje essa agência de Peritoró, Deputado Zito, está sobe a responsabilidade do Banco do Brasil de Pedreiras. Eu conversando também com a gerente, a Carina, e liguei aqui para a Superintendência, o superintendente está de férias, mas já aguardando o seu retorno para a gente ser atendido. Para concluir, Senhor Presidente, vem acontecendo em todo o estado do Maranhão, já aconteceu em cidades do Médio Mearim, como a cidade de Lima Campos, onde foi arrombado um banco e, a cidade de Igarapé Grande, foi um TAC, um Termo de Ajustamento de Conduta, para ser chamada a classe política, os representantes da Associação Comercial como também a Polícia Militar e o Estado, representado por alguém da Secretaria de Segurança, e o Prefeito. As outras agências, Deputado Zito Rolim, nós conseguimos reabrir, como a de Lima Campos e também a de Igarapé Grande, porque ali teve todo um ajustamento, que é esse TAC, para que a Prefeitura também tivesse a responsabilidade de preservar a segurança da agência, como? O Prefeito pode pegar a Guarda Municipal e, no horário de funcionamento, colocar na porta do banco, o que coíbe, inibe a ação dos bandidos. Ele pode ali isolar a frente do banco, 100 metros para um lado, 100 metros para o outro, colocando aquelas pedras para que as pessoas estacionem de longe e andem até o banco, porque aí já vai também dificultar a ação dos bandidos. No lugar de estacionar na porta do banco, descer com armamento bélico para assaltar a agência e sair. Existem várias medidas de prevenção contra o ataque desses bandidos, e aí a gente, eu, como deputado, V.Ex.ª também como deputado, é muito importante a gente unir essas forças para que a gente possa ir ao Banco do Brasil e também até chamar o Município porque não estou vendo o Município muito preocupado com essa questão do Banco do Brasil, mas a gente assumir as responsabilidade e, por meio do Estado, ver o que a gente pode fazer, já que lá existe uma delegacia, existe a corporação da Polícia Militar, para que a gente possa colocar as viaturas num horário de funcionamento, que elas possam estar ali mais presentes em frente ao Banco do Brasil ou dentro, porque tudo vai coibindo, vai inibindo as ações dos bandidos. Então, aqui eu agradeço pelo aparte do Deputado Zito Rolim e dizer ao povo de Peritoró da nossa responsabilidade que nós iremos até a Superintendência para ver essa questão da abertura do Banco do Brasil da cidade de Peritoró. Sempre me colocar à disposição, nós temos várias matérias durante este mês e nossos mandatos e a gente vai trazer à observância do Estado, dos entes fiscalizadores, do Ministério Público o que vem acontecendo de ruim na cidade de Peritoró. Como representantes daquele povo, eu tenho aqui a responsabilidade de lutar pela melhor qualidade de vida dessas pessoas que são de Peritoró e das cidades onde a gente vai trabalhando bastante, onde estou fazendo uma agenda positiva, pegando as demandas para ir tratando gradativamente como é a nossa responsabilidade como parlamentar. Meu muito obrigado, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA