11/06/2019 - Tempo das Lideranças Vinicius Louro

Vinicius Louro

Aniversário: 24/01
Profissão: Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO VINÍCIUS LOURO (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, estava com saudade desta tribuna. Andando em todo o estado do Maranhão, principalmente pelas rodovias, eu não poderia chegar a esta Casa novamente, Deputado Rildo Amaral, pois eu tenho dito aqui que, enquanto eu não vir a ação do Dnit, eu não deixarei de cobrar, de bater na questão para que realmente o Dnit possa fazer alguma coisa nas estradas do Estado do Maranhão. Às vezes a gente vem falar de coisa boa aqui no tocante pelo nosso trabalho que a gente vem fazendo em todo estado do Maranhão, mas a revolta é tão grande, quando eu quero aqui parabenizar a Deputada Daniella Tema, por um pronunciamento na semana passada, falando das rodovias, ela também, que roda bastante essas estradas maranhenses, principalmente na BR-135. Deputado, eu vinha andando agora, novamente andando pelas estradas federais do estado do Maranhão e a gente percorrendo duas BRs, a primeira do entroncamento, ali da cidade de Itapecuru até a cidade de Chapadinha, que lá realmente era uma estrada muito boa, mas não existe nenhuma ação paliativa do Dnit para que possa fazer uma manutenção, e logo tapando os buracos ali que eles vão surgindo, até porque fica mais barato para o Dnit, é uma coisa assim que vai logo fazendo a manutenção e ali atendendo a população. E eu não vi nenhuma ação do Dnit nessa questão. E agora na BR–135 o que eu vi lá é um tapa-buraco, eu vou até falar até de forma onde eu não gostei, um tapa-buraco ali para, vou usar o termo mais correto, para passar sebo na venta de jumento, esse é o termo, é uma coisa ali que estão fazendo para enganar a consciência do povo. Lá eu contei duas frentes de trabalho, Deputado Zito Rolim, então, primeiro, eu parei, olhei a forma que eles estão tapando buraco, que é uma forma totalmente adversa do que pede-se a legislação dentro da fiscalização de engenharia, de qualquer engenheiro, principalmente do Dnit, onde você chega ali com uma caçamba, um cidadão com a pá em cima da caçamba pisando no asfalto, lá em cima quente, jogando dentro do buraco e ali não há nenhum tipo de um trabalho para que possa durar, a gente pode acompanhar em todas essas ações de tapa-buraco, os buracos ali eles quebram ao redor mantêm a sua fundição, a sua altura, às vezes colocando material como piçarra, ou pedra, para depois botar o asfalto, e lá não, do jeito que eles estão jogando sem nem colocar nenhum pouco de pinche, que é o que faz grudar o asfalto à piçarra, até mesmo no asfalto naquele mais antigo para que possa ele se firmar melhor, e aí eles estão pegando e jogando lá, a la vontê, ou seja, Deputado Rildo Amaral, depois vêm medições aí grandiosas, pagamentos da empresa grandiosos e a gente não ver a responsabilidade nenhuma do DNIT, ou seja, a gente vem cobrar para que sejam feitas ações dignas das rodovias mediante a fiscalização também do Dnit e dentro de uma engenharia, mas não fazer, Deputada Daniella Tema, o que estão fazendo nessas BRs aí, gastando, jogando dinheiro do povo fora que não é o modus operandi que tem que ser feito. Então eu tenho cobrado bastante, eu não acredito que no trecho de Miranda a Alto Alegre seja feito um tapa-buraco, porque, Deputado Rildo, se for feito um tapa-buraco estão enganando o povo, estão gastando o dinheiro do povo, para justificar esses gastos não sei o porquê, porque ali já não cabe tapa-buraco, ali realmente tem que mudar toda a massa asfáltica daquela rodovia do trecho de Miranda a Alto Alegre. Ou seja, tem trechos ali que você não consegue passar de 20 quilômetros. Buracos ali que até carreta bate o para-choque de tão fundo que estão. E aí o Dnit vai lá faz um tapa buraco, justificando um gasto de milhões onde o próprio Dnit sabe que não é para ser feito dessa forma. Ali tem que ser trocada toda a massa viária. Então é muito importante, principalmente os deputados que andam nessas rodovias. Agora mesmo já estive ali em uma viagem que eu fiz para Chapadinha, olhando a BR, que liga ali a BR-135 até o município de Chapadinha. E ali levando até a divisa do estado do Maranhão com o Piauí. Então a gente já pode constatar também o descaso nessa rodovia. E eu vejo ali a população como Júnior, da JR, o Carlos Henrique, as pessoas ali da cidade de Chapadinha, Itapecuru sofrendo pela irresponsabilidade do DNIT no estado do Maranhão. Meu muito obrigado, Senhor Presidente.

O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO – Vossa Excelência se quiser se inscrever, fique à vontade. Bloco Parlamentar Solidariedade/PP, Deputado Rildo. Expediente Final. Não há oradores inscritos. Nada mais havendo a tratar, declaro encerrada a presente Sessão.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA