14/08/2019 - Expediente Final Rafael Leitoa

Rafael de Brito Sousa

Aniversário: 00/00
Profissão: Engenheiro Civil

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO RAFAEL LEITOA (sem revisão do orador) - Bom dia, senhoras e senhores Deputados, galeria, imprensa, povo do Maranhão. Infelizmente, nós colegas deputados temos que ouvir um discurso recheado de demagogia, de hipocrisia por parte da Oposição que se aproveita do momento frágil de algumas, de uma dezena de famílias que tiveram que, infelizmente, sair por ordem judicial. E o interessante é que o Deputado da Oposição não aponta em nenhum momento a justiça, que foi quem definiu, decidiu a desapropriação. E o Governador do Estado, que apenas está cumprindo uma decisão judicial, e que infelizmente foi necessário o uso da força. Ora, ontem, como falei aqui, nesta tribuna, o Governador Flávio Dino, ao que competia a ele, revogou um decreto de desapropriação, em 2015, para aprofundar estudos, para poder dialogar com as famílias. E, nesse intervalo, várias famílias foram indenizadas, várias famílias aceitaram o acordo de saída da área que possuía um particular. E a justiça agora sentenciou a desapropriação, a desocupação. A manifestação tem que estar dentro do Tribunal de Justiça, porque tem uma decisão da justiça exigindo a desapropriação da área, e não o Governador Flávio Dino. Mas como todo o caos interessa à Oposição, tentam passar uma imagem que o Governador é um Governador que não dialoga, muito pelo contrário, ontem, uma entrevista coletiva, Deputado que subiu à tribuna invadiu a dependência do Governo, com alguns manifestantes que não são nem as famílias que estão sendo desocupadas, a fim de tumultuar a coletiva, a fim de tumultuar o diálogo. E aí fica a pergunta: Quem que não quer diálogo? O Governo está dialogando há mais de quatro anos, quase cinco anos com essa situação. O Governador revogou um decreto feito pela gestão passada para que pudesse aprofundar os estudos, ter um diálogo maior com a sociedade. Agora, descumprir a decisão judicial, se há todo esse ódio pela manutenção, pelo cumprimento da decisão, reflita no Judiciário. Reflita no Judiciário também, porque decidiu inclusive suspendendo os efeitos do embargo, como bem falou o Deputado Yglésio, ontem, ou seja, querem transformar uma ação judicial, uma determinação judicial num palanque político para desgastar o Governador Flávio Dino que, todos os dias, temos conquistas sociais no nosso estado. Todos os dias é inauguração de escola. É abertura de serviço na área de saúde. São as pavimentações. É o serviço da segurança pública. É o serviço no sistema penitenciário e transformam um caos particular. Querem transformar um caos particular que, de fato, é uma situação traumática. Toda desocupação é traumática, obviamente, até porque foi necessário uso da força, numa situação política. Mas o Governo está firme no seu propósito de trabalho e não vai deixar se abalar, principalmente com discursos que a gente sabe que tem recheados de demagogia, de hipocrisia, e de muitas vezes apontar dedo onde erros, falhas, onde, de fato, não existe. Se há alguém que deve explicações de forma mais social, como bem falou aqui o Deputado, é a Justiça. É a Justiça que determinou a desocupação da área em questão. Então, Senhor Presidente, era esta a minha manifestação hoje.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA