11/09/2019 - Pequeno Expediente Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) – Senhora Presidente, demais Membros da Mesa, Senhoras Deputadas e Senhores Deputados, galeria, imprensa, internautas, telespectadores que nos acompanham por meio da TV Assembleia, o nosso mais cordial bom dia. Quero cumprimentar, de forma especial, a professora Alaíde Barbosa, a professora Carmem Lúcia e os alunos da Unidade de Ensino Trizidela do Vale São Miguel. Sejam bem-vindos à Assembleia Legislativa. Já foi feita referência elogiosa pelo Deputado Vinícius Louro, então sejam bem-vindos à Casa do Povo, sejam bem-vindos à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Senhora Presidente, demais pares, trago à tribuna desta Casa uma denúncia gravíssima. Ela não é grave, ela é gravíssima. Ontem eu trouxe alguns dados, alguns números e apresentei aos senhores. Senhoras e senhores, um advogado na CAEMA ganhando R$ 51 mil. Isso no mês de julho de 2019. Um engenheiro da CAEMA ganhando R$ 91 mil. Depois que fizemos a denúncia ontem, um funcionário da CAEMA nos enviou outro documento, já mais atualizado, de agosto de 2019. Nesse documento, senhoras e senhores, tem um técnico de eletromecânica ganhando R$ 34 mil, um químico ganhando R$ 36 mil. Um pedagogo na CAEMA, professoras e professores de Trizidela, um pedagogo que deveria estar na Secretaria de Educação, um pedagogo na CAEMA ganhando R$ 40 mil. Mas o mais absurdo não é esse, vejam só, nós temos aqui outros engenheiros que o salário varia de R$ 45 mil a R$ 86 mil. Oito engenheiros só nesta folha, só nesta relação, 08 engenheiros que juntos chegam a ganhar R$ 500 mil, meio milhão de reais. Oito engenheiros ganhando R$ 500 mil. Senhoras e senhores, é assim que o Governador Flávio Dino trata a máquina pública, trata a gestão pública. É assim que o Governador Flávio Dino faz. O Governador Flávio Dino faz assim com a máquina: Secretarias totalmente superlotadas, um número exagerado de Secretarias, nunca reduziu a quantidade de Secretarias nem de cargos comissionados. Já solicitamos ao Governador Flávio Dino que reduzisse a quantidade de Secretarias e a quantidade de cargos comissionados. O governador Flávio Dino faz concurso público só para enganar, só para ludibriar e não nomeia todos os aprovados no concurso público. Senhoras e senhores, na semana passada recebemos os candidatos aprovados na AGED. Só um engenheiro desse ganhando R$ 91 mil dá para pagar 50 técnicos da AGED. Só um engenheiro desse ganhando R$ 91 mil dá para pagar 21 policiais militares. Senhoras e senhores, nós temos 1.750 policiais militares formados e desempregados pelo Governador Flávio Dino. Temos policiais civis aguardando a nomeação e Governador Flávio Dino tem um engenheiro na CAEMA ganhando R$ 91 mil. O salário de um engenheiro dá para pagar 21 policiais militares. Oito engenheiros, só para os senhores terem ideia, o salário de 08 engenheiros, que dá R$ 500 mil, dá para pagar 110 policiais militares. Senhoras e Senhores, isso é uma vergonha, isso é um escândalo. Nós solicitamos, e não é de hoje, nós queremos a CAEMA sim, valorizada, competente e que coloque água na casa das pessoas. As pessoas não têm água em casa. Vamos aqui ao Lira, ao Belira, vamos ao Coroadinho, as pessoas estão com água dia sim e dia não, às vezes até 72 horas sem água em casa. Na cidade de Coroatá o prefeito, o pai do prefeito comprou baldes para a população carregar água na cabeça. Um aliado do Governador compra baldes para a população carregar água na cabeça. É muita cara de pau, é muita falta de vergonha na cara! Cidadão maranhense, a água da CAEMA não chega a sua casa e se chega, chega cara desse jeito, que é para pagar o luxo de quem o Governador quer pagar. O Governador Flávio Dino paga quem ele quer, paga como ele quer, da forma que ele quer, altos salários, Senhoras e Senhores, nós não podemos fazer vista grossa com o que está acontecendo. É um escândalo, isso é grave, é gravíssimo! Estamos concluindo a nossa investigação e nessas nossas investigações preliminares, nós temos filiados do PCdoB de outros estados, do Estado de São Paulo, por exemplo, que está na CAEMA ganhando altos salários, salários milionários. E enquanto isso estão debochando, debochando do maranhense que não tem água em casa, debochando do maranhense que tem água dia sim, dia não, debochando do maranhense que faz o concurso público e não é nomeado, porque um engenheiro, somente nessa folha, um engenheiro recebe 91 mil reais, dá para pagar o salário de vinte e um policiais militares do Estado do Maranhão. É assim, é assim que o Governador Flávio Dino, que abandonou o estado para ir fazer campanha presidencial, trata as finanças, trata a administração, trata o Estado do Maranhão. É dessa forma, de forma desrespeitosa, desrespeitando a lei, desrespeitando a Constituição Federal no seu Artigo 37, que ele é professor e conhece tão bem. A falta de transparência no seu Artigo 37 da Constituição Federal é bem claro a moralidade no serviço público e a transparência. Nós solicitamos, vou concluir Senhora Presidente, nós encaminhamos Requerimento ao Senhor Governador do Estado do Maranhão e ao Presidente da CAEMA para que encaminhasse a lista de todos os funcionários que ocupam cargos comissionados na companhia, em todo o Maranhão, bem como as respectivas funções e remunerações. Senhora Presidente, Deputada Cleide Coutinho, esse Requerimento foi aprovado pela Assembleia, esse Requerimento foi aprovado pela Mesa. Requerimento, de autoria do Deputado Wellington, solicitando transparência, foi autorizado pela Mesa, no dia 03 de julho, já estamos no dia 11 de setembro e a CAEMA não mandou essa relação atualizada de todos os contratados, cargos comissionados da CAEMA, bem como seus respectivos salários. E aí tomamos conhecimento por conta de funcionários, funcionários tomaram um susto, colocaram no Portal de Transparência da CAEMA, criou-se um reboliço dentro da CAEMA, alguns tiraram print de imediato e já tiraram do Portal da Transparência da CAEMA. Vergonhosamente, os funcionários da CAEMA estão decepcionados, estão indignados com a administração do Governador Flávio Dino. E pedem esclarecimento dessa pouca vergonha, dessa palhaçada, desse escândalo na CAEMA. Senhoras e Senhores, enquanto falta água na casa do maranhense, um servidor da CAEMA ganha noventa e um mil reais para não fazer nada. Isso é um tapa na cara do maranhense. E é para isso que estamos aqui, para fiscalizar, para cobrar as informações. E vamos representar ao Ministério Público para que possa fiscalizar essa pouca vergonha, esse escracho com a cara da população. Queremos esclarecimentos do Governador Flávio Dino. Com a palavra o Governador Flávio Dino.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA