07/10/2019 - Pequeno Expediente Adriano

Jose Adriano Cordeiro Sarney

Aniversário: 20/06
Profissão: Administrador

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO ADRIANO (sem revisão do orador) – Boa tarde, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, Deputadas, galeria, telespectadores da TV Assembleia, internautas, imprensa, servidores desta Casa, maranhenses. Senhor Presidente, subo, hoje, a esta tribuna para relatar a situação do Hospital Aldenora Bello. Em abril deste ano, eu fiz um pronunciamento aqui em que eu fazia exatamente a mesma reclamação: a falta de repasse do Governo Estadual ao Hospital Aldenora Bello. E, naquela situação, naquele dia, o Governo do Estado mandou uma informação a esta Casa de que tinha se sentado com os diretores do Aldenora Bello e que tinham feito um acordo com toda a diretoria do Hospital de que o repasse ia ser normalizado e que as parcelas do Fundo Estadual e os Convênios Estaduais seriam feitos de forma normal. E, assim, conseguiu com que o Hospital Aldenora Bello retomasse o pronto atendimento. Só que essa negociação que o Governo fez, essa promessa do Governo durou apenas um mês, porque ela não foi cumprida. Ela foi desrespeitada pelo Governo do Estado. E lembro-me aqui, em abril, fazendo esta reclamação, eu tive que voltar atrás e dizer: “Ah! Já que o Governo, então, se comprometeu, em fazer os repasses, eu quero aqui saudar e até elogiar o Governo”. Mas eu disse, na ocasião: “Continuarei fiscalizando e continuarei olhando de perto toda essa situação”. Bom, após um mês, parou o repasse. E, hoje, alguns meses depois daquele meu primeiro pronunciamento aqui, eu estou de volta para dizer a toda população maranhense que o Governo do Estado, mais uma vez, enganou não o hospital Aldenora Bello e aqueles que são guerreiros que estão ali naquela luta diária, mas todo o povo do estado do Maranhão, todos os pacientes, aqueles que mais necessitam daqueles serviços. Estive com alguns diretores do Aldenora Bello que me disseram: “Nós não temos mais possibilidade de permanecer com esse serviço. Nós já estamos endividados. Nós precisamos de apoio público e não conseguimos mais manter a estrutura do jeito que está. Então, infelizmente, Deputado, nós vamos parar com o serviço de pronto-atendimento e encaminhar, infelizmente, esses novos pacientes para o hospital do Estado. Porque nós não temos possibilidade econômica de continuar atendendo esse pessoal por aqui”. E mais: foram além. Com o recurso que é repassado para o hospital estadual, eles disseram que dão conta de resolver todos os casos do estado do Maranhão. O recurso que é repassado para o hospital estadual é utilizado de forma ineficiente e se eles tivessem esse recurso, eles assinariam embaixo um documento público que seriam os responsáveis por todos os atendimentos do estado do Maranhão. Porque o Aldenora Bello, como todo mundo sabe, é eficiente. Faz muito com pouco, já o Governo do Estado, respeitando todos os servidores que ali estão, recebem mais, mas fazem pouco, fazem de forma ineficiente. Por quê? Não é a culpa do servidor, mas é a culpa do sistema de uma forma geral, do jeito que é feito. Vamos ter uma nova cabeça em relação ao que é público, ao serviço público. Se existe hoje um Hospital Aldenora Bello cuja estrutura foi feita na época do Governo José Sarney, cujas máquinas foram repassadas por políticos, pelo suor da iniciativa privada, cuja administração é feita de forma profissional, nada melhor do que ter profissionais gerenciando a saúde pública. Pessoas sérias, comprovadas, todos nós sabemos que o trabalho que o Aldenora Bello faz é um trabalho sério, vamos então transferir recursos públicos para que o Aldenora Bello possa fazer mais, muito mais do que o Governo está tentando fazer, por motivos não o quê, talvez eleitoreiros. Fica aqui o meu apelo, Senhor Presidente, e eu já dei entrada em um Requerimento solicitando informações ao Governador Flávio Dino, ao Governo do Estado, o porquê que parou o repasse desse recurso, fato que desrespeitou o acordo que foi feito em março. Este Requerimento será votado pela Mesa e tenho a certeza que esta Casa, aqui temos médicos, temos pessoas aqui que até já sofreram com esse problema, eu mesmo na minha família, tenho vários familiares que já tiveram câncer e tenho certeza, absoluta, que todos nós possamos de uma vez por todas nos sensibilizar. E não apenas na época da campanha ou na época de fazer aqui, juntar emendas de um deputado e de outro, fazer que a gente assine para colocar na imprensa e mostrar lá na imprensa que todos os deputados assinaram as emendas, mas se essas emendas não saírem... se a gente aqui não cobrar do Governo do Estado, se a gente não tomar o lado daquele que mais precisa e daqueles que são guerreiros e que ajudam realmente o povo, e essa horrível doença, a gente não vai conseguir sair da hipocrisia do nosso dia a dia. Então, Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados e Deputadas, convido todos para que a gente possa lutar juntos em prol desse hospital, que tanto serve toda população do nosso Maranhão, de suma importância. Muito obrigado, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA