09/10/2019 - Pequeno Expediente Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, demais Membros da Mesa, senhoras e senhores Deputados, reaproveito para cumprimentar de forma especial a menina Júlia. Júlia, seja bem-vinda à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Parabenizar a Deputada Daniella Tema pela forma atenciosa com que tem conduzido o seu mandato e também por trazê-la à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Seja muito bem-vinda à Casa do Povo. Seja muito bem-vinda à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Todas as meninas, sejam bem-vindas à Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. E eu cumprimento a todas em nome da Júlia, seja bem-vinda. Cumprimento a imprensa de forma especial. Cumprimentar a galeria, internautas, telespectadores que acompanham por meio da TV Assembleia. O novo nascimento, você já nasceu de novo? “Disse-lhe Jesus: ‘Na verdade, na verdade, te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus’. Disse-lhe Nicodemos: ‘Como pode o homem nascer sendo velho? Pode, porventura, tornar-se a entrar no ventre de sua mãe e nascer?’ Jesus respondeu: ‘Na verdade, na verdade, te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus’”. João capítulo 3: 3-5. Que possamos nascer em Cristo e aqueles que não foram batizados ainda que possam ter a confirmação por meio do batismo, assim diz a palavra de Deus. Senhor Presidente, quero destacar, na manhã desta quarta-feira, dia 09 de outubro, as nossas sessões em defesa das pessoas que são acometidas por câncer, que sofrem com o câncer. No final do mês de setembro, nós perdemos uma pessoa muito próxima, uma criança que eu conheci aos dois anos de idade, no início do nosso mandato, fazendo visitas ao Hospital Aldenora Bello, o pequeno Isaque, de apenas dois anos na época, que tem um irmãozinho gêmeo, o Isaías, que vem do interior do estado para fazer tratamento no Hospital Aldenora Bello. E assim, senhoras e senhores, todos que estão no Hospital Aldenora Bello, em sua grande maioria, vêm do interior do estado e são pessoas humildes, pessoas simples. E o pequeno Isaque não suportou o tratamento, não resistiu ao tratamento e não conseguiu vencer o câncer. O garoto, de apenas seis anos de idade, durante quatro anos lutou contra o câncer. E essa é a realidade de maranhenses que sofrem com essa doença terrível. E somando a minha voz à voz dos deputados que já falaram e usaram a tribuna desta Casa, na manhã de hoje, cito, como exemplo, o Deputado César Pires. A situação do Aldenora só traz à discussão, só traz à tona a situação caótica que se encontra a saúde no Estado do Maranhão. O Governador Flávio Dino tem dizimado, de forma silenciosa, a população mais pobre do nosso Estado e precisamos discutir a situação do fundo, quanto que é arrecadado do fundo, a divisão do fundo e se há uma má aplicação desse fundo. Aí podem me perguntar: Deputado Wellington, como poderia haver uma má aplicação do fundo? Nós já havíamos recebido denúncia de que o fundo estaria sendo aplicado, o dinheiro do fundo estaria sendo aplicado. Nós não queremos crer que isso esteja acontecendo. Enquanto pessoas estão morrendo, estão padecendo em busca do tratamento, o Governo do Estado aplica o dinheiro que seria para o tratamento do câncer! Eu não quero crer que isso é verdade. Isso é grave, é gravíssimo. Estamos investigando, solicitando e cobrando informações por meio de requerimento ao Governo do Estado. Mas, Senhor Presidente, demais pares, eu estou vindo agora da Justiça e protocolei agora uma ação popular, ajuizamos uma ação popular para que o Governador Flávio Dino pague as emendas do Deputado Wellington destinadas ao Hospital Aldenora Bello. Destinamos R$ 400 mil ao Hospital Aldenora Bello e o Governador Flávio Dino persegue a oposição...

O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO – Conclua, Deputado Wellington.

O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO - Persegue o Deputado Wellington, assim como perseguiu em 2015, em 2016, em 2017, em 2018 e em 2019, mas não vai mais ficar assim. Não vai mais ficar assim, porque o Governador Flávio Dino não está perseguindo o Deputado Wellington, está é perseguindo a população do Estado do Maranhão quando não paga as emendas do Deputado Wellington ele não está negando ao Deputado Wellington, está negando à população. E é por isso que hoje ajuizamos uma ação popular para que a justiça possa obrigar o Governador Flávio Dino a pagar as emendas do Deputado Wellington, no valor de R$ 400 mil destinados ao Hospital Aldenora Bello. Vai tramitar na Vara de Interesses Difusos e Coletivos. Inclusive vamos acompanhar já a partir de hoje e vamos fazer isso com todas as nossas emendas parlamentares. As emendas parlamentares não são do Deputado Wellington. Elas são indicadas pelo Deputado Wellington, mas para as políticas públicas, para a população do Estado do Maranhão. E o governador Flávio Dino tem que respeitar! E vai passar a respeitar, porque o Governador Flávio Dino tem dizimado, de forma silenciosa, a população mais pobre do nosso Estado. O Governador Flávio Dino tem exterminado de forma silenciosa a população mais pobre do nosso Estado. Estamos atentos e vigilantes. E cobramos hoje, por meio da Justiça, ajuizamos uma ação civil pública para que o Governador Flávio Dino possa pagar as emendas parlamentares do Deputado Wellington no valor de R$ 400 mil destinadas ao Hospital Aldenora Bello, destinadas ao tratamento do câncer. O câncer não espera! O câncer não espera e o Governador Flávio Dino não pode continuar exterminando de forma silenciosa a população mais pobre do nosso Estado. Era o que tinha para o momento, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA