11/03/2020 - Pequeno Expediente Rigo Teles

Rigo Alberto Teles de Sousa

Aniversário: 08/06
Profissão: Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO RIGO TELES (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, senhoras e senhores Membros da Mesa, senhores deputados, senhoras deputadas, venho aqui, a essa Tribuna, para lamentar o que era para festejar. Nós vamos lamentar o rebaixamento do nosso querido Cordino, lá de Barra do Corda, o rebaixamento para série B, onde agora só vai disputar no próximo ano a segunda divisão. O Cordino estava completando dez anos de fundação, dez anos de existência. Foi fundado na administração do meu pai, meu querido pai, ex-prefeito Nelsinho, em Barra do Corda, no ano de 2010. E domingo passado, dia 8, onde estava completando dez anos de existência, qual foi o presente que recebeu? O rebaixamento, para tristeza dos barra-cordenses, para a tristeza dos torcedores, dos desportistas de Barra do Corda e do Maranhão, porque o Cordino tinha um lastro muito grande de torcedores em todo o Maranhão. O Cordino foi um time que foi vice-campeão do Campeonato Maranhense no ano de 2017. Abrilhantou muito bem o campeonato, disputou a Pré-Copa Nordeste com muito brilhantismo, com garra. Disputou a Copa do Brasil, disputou a série D do Campeonato Brasileiro no ano de 2018. Então esse time, que muito abrilhantou o futebol de Barra do Corda, o futebol do Maranhão e até em nível nacional, porque jogou em outros estados quando disputou a série D do Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil e a Pré-Copa Nordeste. Mas eu já vinha lamentando há dias, há meses e anos, por falta de incentivo do poder público municipal de Barra do Corda. Porque o maior patrocinador do Cordino é o município é o poder público municipal de Barra do Corda. Falta de incentivo, os jogadores, grande parte foram embora. No ano passado, Ulisses, magoado, o artilheiro por dois anos jogador, jogador Ulisses, de Barra do Corda do Cordino, foi artilheiro por dois anos, chateado, magoado, deixou Cordino e veio jogar no Sampaio Corrêa porque os salários estavam atrasados. Me disse que até agora continua atrasado o salário e nunca terminaram de pagar. E, no ano de 2020, ele retornou a Barra do Corda, já estava cansado de tanta falta de apoio, tanto desmando, retornou ao Cordino por ser sua terra natal, ser o seu time de coração. E o que acontece? O rebaixamento. Então para nós é uma tristeza ver esse time ser rebaixado por falta de incentivo, por falta de apoio do Poder Público Municipal, que é uma das maiores obras que o Prefeito Municipal de Barra do Corda está deixando, a única concluída é o rebaixamento do Cordino, ao longo de mais de 7 anos, de mais de 7 anos de mandato, à frente do município de Barra do Corda, conseguiu êxito em uma coisa, que até agora não conseguiu nenhuma, não tem uma obra que ele iniciou e terminou, mas o Cordino, sim, ele conseguiu acabar o Cordino, rebaixar o Cordino, é triste, mais aqui fica a nossa tristeza, o reconhecimento dos garotos do Cordino que continuem à frente, continuem, que eu tenho certeza, mesmo jogando no próximo ano em 2021 vai jogar na segunda divisão, rebaixado para a Série B, mas vai ter incentivo sim e com certeza, no ano de 2022, retornará à Série A, irá disputar o Campeonato Maranhense, irá disputar a Copa do Brasil e sim vai ter incentivo para esse time porque Deus proverá e tenho certeza, garotos do Cordino, acreditem que melhores dias virão.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA