11/12/2013 13h30

Neto Evangelista garante que há projeto para implantar VLT em São Luís

Agência Assembleia

icone-whatsapp
Neto Evangelista garante que há projeto para implantar VLT em São Luís

 

O deputado Neto Evangelista (PSDB) ocupou a tribuna, na manhã desta quarta-feira (11), para informar que o ex-prefeito João Castelo, ao anunciar a implantação em São Luís do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), o fez com base em um projeto técnico elaborado por sua equipe de governo.

 

“O VLT foi um projeto planejado, feito e trabalhado na gestão do PSDB, na gestão do então prefeito João Castelo, que durante a campanha eleitoral de 2012, foi propagado como um projeto viável para São Luís”, enfatizou Neto Evangelista.

 

Ele forneceu informações pormenorizadas sobre o projeto, durante seu discurso, e fez um apelo para que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), venha a público explicar o porquê da não continuidade do projeto de implantação do VLT na capital maranhense.

 

“Esta obra é de fundamental importância, de relevância inquestionável para a mobilidade urbana de uma cidade de mais de um milhão de habitantes”, declarou Neto Evangelista, lembrando que o então candidato Edivaldo Holanda Júnior, durante a campanha eleitoral, assumiu o compromisso com a população de São Luís de que iria dar continuidade à implantação do VLT.

 

Neto Evangelista frisou ainda que o prefeito Edivaldo, ao assumir a Prefeitura, disse que não havia projeto para viabilizar o VLT: “Eu quero lamentar pela incoerência do senhor prefeito Edivaldo Holanda Júnior de inicialmente ter dito à população de São Luís que iria continuar o projeto do VLT e ao assumir a Prefeitura falta com a verdade para com os ludovicenses alegando que não há projeto”, afirmou Neto Evangelista. Ele fez, na tribuna, uma detalhada explanação sobre o projeto executivo do VLT, ressaltando a importância da implantação deste projeto em São Luís.

 

APARTES

 

Os deputados Rubens Pereira Júnior (PCdoB), Gardênia Castelo (PSDB), Magno Bacelar (PV), Eduardo Braide (PMN) e Max Barros (PMDB) fizeram apartes ao discurso do deputado Neto Evangelista, manifestando seus pontos de vista em relação ao projeto para implantação do VLT em São Luís.

 

A deputada Gardênia Castelo fez um apelo para que o prefeito Edivaldo trabalhe no sentido de implantar o VLT, frisando que se trata de um meio de transporte já utilizado em muitas cidades.

 

“São Luís é uma cidade que tem mais de um milhão de habitantes, portanto jamais poderá contar apenas com o transporte convencional de ônibus, mas lamentavelmente, durante a campanha eleitoral, nosso adversário inclusive usando de artifícios escusos, colocando candidatos laranjas, diziam que o VLT era alugado, que o VLT era sucata, enfim fizeram assim, desconstruíram exatamente esse belíssimo projeto que qualquer cidade do tamanho de São Luís quer e precisa ter”, acentuou Gardênia Castelo.

 

O líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Rubens Pereira Júnior, fez questão de dizer que tem a informação de que a Prefeitura de São Luís está buscando viabilizar o projeto mediante parcerias tanto com o governo do Estado quanto com o governo federal: “A Prefeitura se move, se mexe para garantir a viabilidade do projeto do VLT. Pelo menos a informação que tive pela imprensa foi que está sendo tentada, buscada uma parceria com o governo federal, inclusive o governo do estado tentou intermediar para garantir que o VLT seja direcionado para a área Itaqui/Bacanga, ligando o Terminal da Integração à área Itaqui-Bacanga. Se isso der certo já será um grande avanço”, declarou Rubens Júnior.

 

O deputado Othelino Neto (PC do B) destacou, primeiramente, a importância de levar um tema relevante, como a mobilidade urbana, à Assembleia Legislativa, especialmente porque, em 2012, foi criada uma expectativa na cidade de São Luís com relação ao VLT. Segundo Othelino, existe uma divergência de ordem técnica entre a equipe da atual administração sobre o modelo. “Não estou discutindo qual é o modelo mais correto ou menos correto, mas existe uma divergência técnica quanto ao andamento do projeto do VLT”, disse. Othelino garantiu que procuraria informações junto à prefeitura sobre o andamento do projeto.

 

Os deputados Magno Bacelar, Eduardo Braide e Max Barros parabenizaram o deputado Neto Evangelista pela explanação sobre o projeto executivo do VLT, também fazendo apelo para  que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior lute pela implantação do projeto, para a melhoria da mobilidade urbana em São Luís.

 

AUSÊNCIA DE PROJETO TÉCNICO

 

O deputado Othelino Neto disse, após o pronunciamento de Neto Evangelista (PSDB), que o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, nunca recebeu nenhum projeto técnico relativo ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e que, se ele existe, não foi disponibilizado para a atual gestão.

 

Segundo Othelino, para viabilizar o projeto do VLT, a Prefeitura de São Luís teria que investir algo em torno de R$ 200 milhões.

 

Em contato por telefone com o deputado, Edivaldo Holanda Jr disse que está em Brasília, justamente, tentando viabilizar recursos do PAC da Mobilidade Urbana para o projeto do VLT.



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA