06/08/2018 13h43

Em entrevista à TV Assembleia, coordenadora de Vacinação da Semus esclarece sobre imunização em São Luís

Andressa Valadares / Agência Assembleia

icone-whatsapp
Em entrevista à TV Assembleia, coordenadora de Vacinação da Semus esclarece sobre imunização em São Luís

Em entrevista à TV Assembleia, nesta segunda-feira (6), a coordenadora de Vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Charlene Luzo, esclareceu sobre a campanha de imunização contra o sarampo e a poliomielite, que se estende até o dia 31 de agosto em São Luís. No bate-papo com o jornalista Juraci Filho, no quadro Sala de Entrevista, exibido no telejornal Portal da Assembleia, Charlene Luzo ressaltou a importância de os pais manterem a caderneta de vacinação das crianças atualizada.

A coordenadora de Vacinação falou que, este ano, a Prefeitura de São Luís antecipou o início da campanha para o último dia 23 de julho, 15 dias antes da campanha do Ministério da Saúde, aproveitando o período de férias escolares. A capital terá uma segunda culminância no dia 18 de agosto - Dia Nacional de Mobilização contra o Sarampo e Pólio.

”Essa antecipação foi bem proveitosa, pois, hoje, com o início nacional da vacinação, São Luís já está com 23% da meta atingida. A meta mínima é de 95%, mas vamos correr atrás dos 100%. O público-alvo são as crianças de 1 a menores de 5 anos”, afirmou.

Charlene Luzo informou, ainda, que São Luís tem em torno de 63 salas de imunização atendendo à demanda, das 8h às 17h, distribuídas em postos de saúde da rede municipal, estadual e filantrópica. “Equipes da Semus também estão indo às escolas e creches, buscando essas crianças. A meta é que 61.080 crianças sejam vacinadas”, completou.

A coordenadora também alertou sobre a propagação de notícias falsas, muitas vezes informando, erroneamente, que as vacinas causariam algum mal às crianças. “É uma situação complicada, que nos traz transtornos, principalmente em relação à cobertura vacinal. A vacina é para fazer com que as pessoas fiquem imunizadas, não adoeçam e nem transmitam doenças. Estamos lutando para combater as fake news. As vacinas são seguras e, antes do início das campanhas, é feito um estudo total da vacina e do publico que pode recebê-la”, esclareceu.

A entrevista completa está disponível no canal da TV Assembleia no Youtube. Acompanhe toda a programação no canal aberto 51.2 ou 17 TVN e, ainda, pelo site www.al.ma.leg.br/tv.



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA