15/04/2019 20h31

Wellington cobra medidas emergenciais para conter criminalidade em São Luís

Assecom / Dep. Wellington do Curso

icone-whatsapp
Wellington cobra medidas emergenciais para conter criminalidade em São Luís

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) voltou a cobrar do governador Flávio Dino (PCdoB) ações emergenciais para combater a criminalidade na grande Ilha. Ao justificar o pedido de urgência, Wellington mencionou que, em apenas três meses, 200 assaltos a ônibus já foram registrados, "o que evidencia a insegurança a que a população é submetida, diariamente".

O deputado Wellington requereu ao governador que efetive a nomeação dos soldados formados pelo concurso da PMMA e até agora não nomeados. “A insegurança e o grande número de assaltos a ônibus em São Luís assustam a população. Hoje em dia, o pai de família, o estudante, o trabalhador sai de casa e não sabe se volta com vida ou com todos os seus bens. É uma ideia de segurança que existe só na propaganda de Flávio Dino. Só nestes três meses, já foram registrados cerca de 200 assaltos. O que o governo tem feito? Por que não efetivar a nomeação dos soldados formados e não nomeados? Governador, com a segurança das pessoas não se brinca. Faça alguma coisa. Propaganda não protege ninguém”, disse o deputado Wellington.

Em 2015, foram registrados 657 assaltos a ônibus na Grande São Luís; em 2016, ocorreram 604; já em 2017, o número foi de 580; em 2018, aconteceram 672; e somente nos três primeiros meses de 2019, já foram identificados 200 casos de assalto. "Assim, nestes quatro anos de gestão Flávio Dino, 2.713 assaltos a ônibus aconteceram na Grande Ilha", finalizou o deputado. 



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA