19/04/2019 13h42

César Pires lamenta morte do umbandista Bita do Barão

Nice Moraes/Agência Assembleia

icone-whatsapp
César Pires lamenta morte do umbandista Bita do Barão

O deputado César Pires (PV) lamentou o falecimento de Wilson Nonato de Sousa, o Bita do Barão, ocorrido ontem (18), em Teresina (PI). O velório acontece na Tenda Espírita Rainha de Iemanjá, em Codó, município distante 290 km de São Luís.

Considerado um dos grandes líderes umbandistas do Brasil, Bita do Barão, que nasceu em 10 de julho de 1932, no povoado Santo Antônio dos Pretos, zona rural de Codó, faleceu na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Paulo, em Teresina (PI), onde estava internado devido a uma infecção pulmonar que agravou para um problema renal.

“Com muito pesar, lamento o falecimento de Bita do Barão, líder religioso respeitado e amado por milhares de codeenses e além das fronteiras de Codó. Independente da questão religiosa, é preciso reconhecer sua importância na construção da história de Codó. À sua família, amigos e admiradores, minha solidariedade. Que descanse em paz e que Deus console a todos”, disse César Pires.

Na Tenda Espírita Rainha de Iemanjá, fundada por Bita do Barão em 24 de Janeiro de 1954, o umbandista era visitado por brasileiros e estrangeiros, que iam à procura de seus trabalhos e rituais de linhas branca e negra, este ultimo com Exu.

O apelido “Bita” – que na região de Codó significa “Bode”,  foi dado por seus pais. Já “Barão” é uma referência ao Barão de Guaré, entidade que ele incorporava.

Respeito

O falecimento de Bita do Barão deixará uma lacuna principalmente em Codó, onde o pai de santo era muito querido. “Bita do Barão era uma pessoa pública que trazia uma carga valorativa muito grande para a nossa cidade. Com sua morte, sentimos parte de nós fluindo porque, querendo ou não, com ele vai um pedaço da nossa história e da nossa cultura”, disse o universitário Júnior Alves.  

“É uma grande perda para a população não somente de Codó, mas do Brasil, pois ele era conhecido nacional e internacionalmente. Bita fazia trabalhos sociais e todo mundo gostava muito dele. Vai fazer muita falta”, complementou o comerciante Dedé.

O pai de Santo Cruz, da cidade de São João do Sóter, que era amigo de Bita do Barão, disse que ele fará muita falta não somente para quem reside em Codó, mas para todos que o conheciam. “Para nós, para a cidade de Codó  e para todo o país é uma perda muito grande, pois ele era um representante muito forte da nossa religião”, lamentou. 



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA