19/06/2019 12h40

Em audiência pública, Comissão de Educação discute transição do Cintra para IEMA

Agência Assembleia

icone-whatsapp

A Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa realizou, na tarde de terça-feira (18), no auditório do Cintra, uma audiência pública para discutir o Projeto de Lei 219/2019, de autoria do Poder Executivo, que extingue a Fundação Nice Lobão e transforma o Centro de Integração Rio Anil (Cintra) em mais unidade do IEMA.

A audiência contou com a participação do deputado Hélio Soares (PR), presidente da comissão, dos deputados Wellington do Curso (PSDB) e Adriano Sarney (PV), autores da proposta da audiência, além de alunos, professores e da diretoria do Cintra.

Depois de quase quatro horas, a audiência não avançou por conta do desconhecimento do público presente sobre o tema e de assuntos internos, que tomaram o debate entre os alunos. O deputado Wellington do Curso afirmou que, durante o encontro, ficou evidente o aparelhamento do Cintra pelo governo, o que, segundo ele, dificultou o debate.

“Recebemos em nosso gabinete muitas denúncias sobre a falta de transparência da transição do Cintra para o IEMA e solicitamos a audiência pública junto à Comissão de Educação. Chegando aqui, o que ficou claro foi o aparelhamento político do Cintra. A diretoria não se reuniu com professores, alunos e pais de alunos. O resultado foi um total desconhecimento do assunto, onde os alunos não sabiam sequer para onde os alunos do ensino fundamental iriam após o fim do Cintra”.

O deputado Adriano também chamou a atenção para o aparelhamento do Cintra e lamentou que a audiência tenha sido improdutiva. “O intuito dessa audiência era saber o futuro do Cintra, já que querem transformá-lo em IEMA. Mas, sabemos que o IEMA não conta com ensino fundamental, com esporte, não tem ações na comunidade como são realizadas pela Fundação Nice Lobão. Temos sido cobrados por pais e professores sobre essa transição. Lamentamos que a audiência não tenha sido boa, saímos daqui sem o resultado e sem as informações necessárias”.

Os parlamentares afirmaram que vão marcar outra data para a realização de uma segunda audiência pública. Desta vez, será realizada na Assembleia Legislativa, com a presença de professores, diretoria, pais e mães de alunos.



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA