08/07/2020 14h47

Valéria Macedo manifesta solidariedade às vítimas da Covid-19

Jacqueline Heluy / Agência Assembleia

icone-whatsapp
Elias Auê / Agência Assembleia
Valéria Macedo manifesta solidariedade às vítimas da Covid-19
Valéria Macedo fez o primeiro discurso após seu retorno à Assembleia Legislativa

A deputada Valéria Macedo (PDT) participou, nesta quarta-feira (8), da primeira sessão plenária após seu retorno à Assembleia Legislativa. A parlamentar fez um discurso em solidariedade às vítimas da Covid-19 no Maranhão, no Brasil e no mundo.

“Manifesto meu profundo pesar e tristeza por essa pandemia que assola o mundo, principalmente o nosso Maranhão”, disse Valéria Macedo, destacando o número de óbitos registrados no Brasil, em decorrência do coronavírus.

Segundo a deputada, o Brasil tem 1 milhão e 600 mil pessoas infectadas, além de 65 mil óbitos. Ela destacou que, em quatro meses, o total de vítimas se aproxima do pior saldo anual de mortos por outra epidemia no Brasil: a de homicídios. “Em 2017, o Brasil registrou 65.602 assassinatos, o que significa que, em quatro meses, o coronavírus matou mais do que os homicídios em um ano de violência no país”.

A pedetista ressaltou que a vida de cada ser humano é irrepetível e insubstituível, e que cada pessoa tem o direito de desfrutar de modo mais humanamente completo e possível, sem sacrificá-la a ideologias ou dogmas de qualquer espectro político.

Ponte sobre o Rio Flores 

A deputada também destacou, em seu discurso, a obra da ponte sobre o Rio Flores, entre os municípios de Porto Franco e Lajeado Novo, para a qual disse ter destinado, ao longo do seu último mandato, emendas durante dois anos seguidos.

“Travei uma luta gigante contra a incompreensão, a ignorância e, até mesmo, a má-fé de alguns, que não acreditavam no tamanho dos benefícios dessa obra”, afirmou Valéria.

Disse, ainda, que mandou elaborar projeto básico, acompanhou engenheiro em trabalho de campo, além de muitas idas e vindas à Secretaria de Infraestrutura do Estado, até conseguir monstrar para o governo que se tratava de uma obra que vai beneficiar produtores e trabalhadores rurais dos municípios de Porto Franco, Lajeado Novo, São João do Paraíso e Estreito.

Ela destacou que a sua luta política pela ponte de Estreito vem desde os anos de 2017 e 2018, com o apoio do seu irmão, o ex-deputado federal Deoclides Macedo, e que, logo ao assumir o atual mandato, no dia 26 de junho, retornou para ver, in loco, como andavam as obras.

Registrou, também, o apoio do seu esposo, o advogado Marco Aurélio, nesta luta, que sempre a acompanhou nas idas à Secretaria de Infraestrutura, e de seu grupo político de Lajeado Novo e Porto Franco, “que não mediu esforços na luta por essa tão sonhada ponte”.

A deputada agradeceu ao governador Flávio Dino, ao secretário Clayton Noleto e a sua equipe, que não têm medido esforços técnicos e financeiros para a conclusão da obra.

“Apesar do momento difícil, essa obra é um motivo de alegria, de contentamento político para toda aquela região. Esta ponte gera riqueza e bem-estar para o nosso povo, num momento difícil como este, e será motivo de alegria para todos nós”. 



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA