06/10/2021 - Expediente Final Wellington do Curso Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) – Senhor Presidente, tem sido uma luta diária permanente em defesa da população do Estado do Maranhão e principalmente fiscalizando esse desgoverno, desgoverno Flávio Dino. E eu aproveito a oportunidade para tratar de um outro assunto, que é a falta de segurança, a insegurança que assola, que toma de conta do Maranhão. O governador Flávio Dino já não tinha controle, perdeu o controle, que ele mentiu, enganou, ludibriou, é um enganador de almas, um enganador das pessoas, o governador Flávio Dino roubou, roubou o sonho dos maranhenses com a promessa de mudança, mas a mudança para pior, pior para a população, porque para os seus, o governo de todos eles, próximo deles, estão todos aí milionários, bilionários e a história vai mostrar, se as denúncias não chegam até o final, se não conseguimos dar cabo com as denúncias o Ministério Público, o Tribunal de Contas, nos órgãos de fiscalização e controle, mas com certeza vai chegar. E o desgoverno Flávio Dino na insegurança é total, total. Deputado Wellington, existe solução para segurança? Existe, um investimento em equipamentos e armamentos, um investimento em viaturas, no concurso, no profissional. O Estado do Maranhão tem uma carência, mas tem quatro mil vagas ociosas só para soldado, e ninguém faz nada. Governador Flávio Dino só não atolou a PM de cargos comissionados porque precisa ter uma arma, preciso ter um curso de formação para poder trabalhar. Como é que nós temos 1.700 aprovados e mais alguns sub judice, e não são nomeados?! Nesta semana, Governador Flávio Dino arrojou, entupiu mais 50 cargos comissionados no Estado. Mais 50! E cadê o concurso do Procon? Cadê o concurso do Iprev? Cadê o concurso da Aged? Foram 100 aprovados da Aged que nunca foram chamados até hoje. Polícia Civil. Polícia Militar. E aí me perguntam: Deputado Wellington, o senhor cobra do Executivo e não cobra a Assembleia Legislativa? Cobramos sim. Na semana passada, fizemos o pronunciamento, tive reunião com o Presidente Othelino. Hoje eu estive na Vara de Direitos Difusos e Coletivos, participando de audiência pública para definir um cronograma da realização do concurso da Assembleia Legislativa também. Então estamos solicitando mais uma vez que o Governo do Estado faça a nomeação dos 1.700 aprovados no concurso da Polícia Militar. E ainda há possibilidade de vagas sobrando para realizar outro concurso público para a Polícia Militar. O que falta no Governador Flávio Dino é vontade de trabalhar. A vida dele é no Twitter. A vida dele é no Facebook. A vida dele é no Instagram. A vida dele é nas redes sociais, criticando o Bolsonaro, falando mal de Bolsonaro o tempo todo, mas as ações do Governo do Estado não faz. Operação da Polícia Federal contra a Saúde do Estado do Maranhão. Nós denunciamos, aqui na Assembleia, que estavam pegando dinheiro vivo e levando na porta do Palácio. Não tiveram coragem. Assina a CPI da Saúde. Vamos assinar a CPI da Covid. Vamos assinar a CPI dos Respiradores. Governador Flavio Dino, cadê o dinheiro dos respiradores? Cadê os respiradores? A máfia dos 107 respiradores que chegaram, e eu verifiquei que não foram instalados, e ninguém diz nada, ficaram calados. Cobrei a relação desses respiradores, o número de série, o local onde estavam instalados, e até hoje nada. O Estado do Maranhão comprou 30 respiradores, pagou antecipado, superfaturando, era para ter chegado até 23 de abril, e até hoje nada. Não chegaram os respiradores e o dinheiro sumiu do Consórcio do Nordeste. Consórcio do Nordeste que paga milhões em salas em São Paulo para os governadores se unirem e tramarem contra o Brasil. A mesma CPI da Covid que não ouve os governadores, não ouve os prefeitos, não ouve sobre os respiradores. Teve problema de respiradores em São Paulo, em Santa Catarina, no Rio de Janeiro, no Amazonas, no Pará, e no Maranhão passa intacto. Vou refazer a denúncia ao Ministério Público e acompanhar no Tribunal de Contas do Estado. No Tribunal de Contas do Estado, já tem uma ação, uma investigação sobre superfaturamento. Vamos fazer uma denúncia ao Ministério Público porque, quando teve a operação da Polícia Federal, o Governador Flávio Dino e o Secretário Carlos Lula disseram que os recursos eram próprios e não poderiam ser investigados pela Polícia Federal. E quantas ações já tiveram da Polícia Federal no Estado do Maranhão sobre os recursos da Covid e sobre respiradores?! Hoje uma ação realizada pela Polícia Civil de Flávio Dino contra um deputado federal, aí fica a pergunta: são recursos estaduais ou são recursos federais, ou é perseguição política? Nessa mesma linha, vamos protocolar para o Gaeco, vamos protocolar para a Polícia Civil a investigação sobre recursos da covid, sobre respiradores. Aí, o Governador Flávio Dino vai dizer que é competência de quem? Da Polícia Federal. Quando a Polícia Federal faz operação, diz que é recurso estadual, mas, para perseguir aliados ou ex-aliados políticos, como está fazendo hoje, ninguém diz nada, fica calado. Então, tem que ser para todos, estamos cobrando mais uma vez investigação do Ministério Público. Dessa vez, eu não tinha feito ainda para a Polícia Civil do Estado do Maranhão. Finalizando o meu pronunciamento, quero destacar que o Estado do Maranhão tem mais de quatro mil vagas ociosas para a Polícia Militar, portanto, cobramos e exigimos do Governador Flávio Dino a nomeação dos aprovados na Polícia Militar e o estudo técnico e rápido para realização de um novo concurso, porque vagas ociosas tem, recursos tem, Estado dos que mais arrecadaram. Só nos primeiros oito meses de 2021, só com combustíveis, foi arrecadado R$ 1,8 bilhão. Para onde vai esse dinheiro? Porque é o Estado que tem a pior segurança alimentar. A maior insegurança alimentar é a do Estado do Maranhão. Um milhão e 400 mil maranhenses vivendo na extrema pobreza, 20% dos maranhenses sobrevivendo com menos de R$ 145,00. O que ele fez para mudar o Maranhão? Em meu pronunciamento anterior, fiz a denúncia da falta de água. Vejam só o absurdo! Altos salários na Caema, e a população padecendo com a falta de água, sofrendo com a falta de água, carregando lata d’água na cabeça. Esse é o desgoverno Flávio Dino, que vai deixar uma maldição no Maranhão, uma herança maldita na sua gestão, do seu governo. O que o Governador Flávio Dino vai deixar de bom para o Maranhão? Uma herança maldita, insegurança, aumento da violência, muitos cargos comissionados, uma máquina inchada, não nomeou os aprovados no concurso, falta de água na casa dos maranhenses, praias poluídas, rios poluídos, esgotos correndo a céu aberto, aumento de impostos. Senhoras e senhores, esse é o desgoverno Flávio Dino. Senhor Presidente, vou concluir. Solicitamos do Governo do Estado a nomeação imediata de todos os aprovados no concurso da Polícia Militar. Acorda, Maranhão! Precisamos nos unir, a população precisa acordar, precisa ir para as ruas. Nós temos elementos suficientes para cobrar do Governador Flávio Dino, para ir às ruas, para solicitar. A população não pode ficar pacata, não pode ficar em casa dormindo, esperando que o Governador Flávio Dino acorde um belo dia e se lembre de trabalhar e da população. A população precisa reagir, a população precisa acordar. Atenção, nomeados no concurso da Polícia Militar, que já acamparam na porta do Palácio, precisamos reagir, precisamos do Governo do Estado a nomeação de todos os aprovados. Era o que tinha para o momento, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA