25/11/2021 - Pequeno Expediente Dr. Yglésio Yglésio Moyses

Yglésio Moyses

Aniversário: 19/09
Profissão: Médico

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO DR. YGLÉSIO (sem revisão do orador) – Bom dia a todos! Bom dia a todas! Não poderia deixar de comemorar a aprovação do PL da enfermagem no Senado ontem, PLO 2.564/2021. O projeto inclui o piso salarial na Lei 7.498/1986, que regulamenta o exercício da enfermagem no Brasil, estabelece o mínimo inicial para enfermeiros no valor de R$ 4.750,00, ou seja, muito mais do que o salário que hoje são pagos, verdadeiros salários imorais diante do trabalho e esforço de um profissional de enfermagem, então, para uma jornada de 30 horas semanais. O projeto fixa também para técnicos e auxiliares de enfermagem a seguinte remuneração: 70% do piso para os técnicos e 50% do piso para os auxiliares de enfermagem e para as parteiras, profissões também tão importantes. Isso vai dar R$ 3.325,00 para técnico, R$ 2.375,00 para auxiliar. Hoje um técnico, por exemplo, numa prefeitura ganha um salário mínimo. Alguns chegam, com descontos, a receber menos de mil reais. Uma verdadeira vergonha. Há cerca de dois milhões e meio de enfermeiros no Brasil, 85% dos profissionais são mulheres trabalhadoras e 53% são pretos e pardos. O projeto vai voltar para a Câmara Federal. A gente espera que seja aprovado lá juntamente com o Governo e que seja criada uma fonte de recurso para que também não sobrecarregue apenas a ponta, os municípios. O Governo Federal tem que ter responsabilidade nessa negociação, o Senado da mesma forma, para que se garanta um salário digno para os profissionais de enfermagem do Brasil. Mas o primeiro passo foi dado. Isso é muito bom. Queria tratar agora também do descaso com a educação, porque todo dia eu recebo denúncias do município de Monção, da prefeita Cláudia Silva. Inúmeras denúncias, principalmente, em relação à desvalorização e ao estado das escolas. Os professores têm denunciado que todas as vezes que reivindicam, eles são inclusive humilhados pelos assessores da prefeita. Após a nossa denúncia, por exemplo, a gente começou a receber uma enxurrada de ataques de assessor de prefeitura tentando nos desqualificar. Coitados! Se realmente o município valoriza a educação por que os professores não são valorizados? Por que não recebem o piso? Por que são perseguidos? Por que as escolas estão ainda tantas escolas em situação lamentável? Lembrando que o último reajuste foi em 2019 e a gente tem tido aumento do FUNDEB. Então, Prefeita Cláudia, não persiga os professores, não persiga a educação, não perca seu tempo colocando assessor para ir falar mal, para tentar macular a imagem do Deputado Yglésio. O Deputado Yglésio tem imagem forte, tem presença, tem trabalho, no Maranhão. O Deputado Yglésio não brinca, o Deputado Yglésio não faz politicagem, o Deputado Yglésio não vai mandar emenda, porque a senhora já é devidamente abastecida por emenda pelo seu partido. Então está cheio de emenda e a gente vai ter para os outros municípios que não têm esse grande ciclo que a vocês têm. Está certo? Não adianta, então, trabalhe pelo povo, faça a sua parte e bote os seus assessores para sair da rede social e trabalhar, que é a melhor coisa que eles fazem. Em relação à Santa Inês, nós temos acompanhado, com preocupação, tendo em vista que essa região foi uma região denunciada aqui, recentemente, na tribuna, que as pessoas têm atacado bastante nas nossas redes sociais, essa questão de funcionário de prefeitura, vereador que recebe mensalinho de prefeito. A gente sabe como funciona a coisa e dá até risada dessa pessoa. Eu nem abro os vídeos para ver por que é cada vergonha que eles passam. Olha, o Hospital Municipal de Santa Inês, mais de 5 mil atendimentos, em um mês e eu estou aqui com os relatórios, o censo de atendimento, aqui, tudo aqui, todos os dados estão aqui. Nós temos aproximadamente 5 mil atendimentos mensais no hospital, 4 mil são dessa região dos outros municípios, aproximadamente mil de Santa Inês. Então, olha aqui, Bela Vista, Pindaré, principalmente Igarapé do Meio, Bom Jardim, Newton Bello, que são as prefeituras que têm o modelo partidário de governar, que a gente, às vezes, é atacado aqui, inclusive por colegas, apesar da gente não atacar os colegas, mas a gente recebeu ataques, por conta disso, tem o jeito lá do PL de governar, a gente hoje, está aqui, Santa Inês lotado de pacientes dos municípios administrados, por quê? Porque só querem resolver a baixa complexidade, apesar da grande quantidade de recursos que tem. Cofres cheios nos municípios e pacientes demais em Santa Inês, não pode acontecer, vamos trabalhar, pessoal?

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA