21/06/2022 - Pequeno Expediente Wellington do Curso Wellington do Curso

Carlos Welington

Aniversário: 27/09
Profissão: Professor e Empresário

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, demais membros da Mesa, senhora e senhores deputados, internautas, telespectadores da TV Assembleia. Senhor Presidente, primeiro eu gostaria de falar sobre o concurso da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, desde o início do nosso concurso, nós já havíamos nos posicionado, procurado a comissão de concurso e alertado sobre essa empresa, sobre essa instituição que estava sendo contratada para realizar o concurso da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Nós já havíamos alertado sobre os problemas que essa empresa já tinha enfrentado em outros concursos, a exemplo da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. No mês de maio quando nós recebemos as primeiras denúncias com relação ao local de prova, as falhas do concurso, nós nos reunimos com os aprovados em concurso, nós nos reunimos com a comissão de concurso e alertamos também e solicitamos informações da empresa que realizou o concurso. Alertamos o Presidente da Assembleia e agora, diante dessas falhas, dessas comprovações e, principalmente, do posicionamento do Presidente Othelino em anular primeiramente o concurso, nós estamos solicitando, de forma oficial, que seja mudada a banca. Os candidatos que fizeram o concurso público não se sentem à vontade em realizar uma nova prova, uma outra etapa de prova novamente pela mesma empresa. Então, a nossa solicitação é pela moralidade e pela seriedade do concurso, portanto, que seja substituída a banca, que a banca seja substituída. Eu relato alguns itens básicos: as diversas falhas desde a aplicação da prova até o presente momento, fechamento de portões antecipado, banheiros sem detectores, lacres rompidos, uso de equipamentos eletrônicos, questões não inclusas no conteúdo programático. Todos esses dados relatados pelos candidatos que fizeram a prova, falha na divulgação do resultado, número de inscrição, havendo até recomendação do Ministério Público. Por último, dezenas de suspeitas de fraude. No início, nós já tínhamos alertado e chamamos atenção, pois o concurso para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro foi anulado e mudaram a banca. Desse modo, nós estamos solicitando, de forma oficial, à presidência da Assembleia, à Mesa Diretora que possa mudar a banca examinadora do concurso da Assembleia, em nome da moralidade, em nome da seriedade e em respeito a todos que realizaram o concurso da Assembleia Legislativa. A necessidade da mudança, não só da anulação da primeira etapa, mas também da mudança de quem vai aplicar a prova, esta entidade não tem mais credibilidade para realizar o concurso. Deputado Wellington do Curso posiciona-se em defesa dos candidatos aprovados em outros concursos e dos que estão realizando a prova da Assembleia Legislativa. Precisamos mudar a banca examinadora urgentemente. Senhor Presidente, quero fazer um relato de algo inusitado que aconteceu hoje na CCJ. Em sete anos e quatro meses na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, agora participo de forma efetiva da CCJ e quero destacar algo que aconteceu e chamou a atenção de todos, que foi uma tentativa de manobra do governo do Estado para barrar as votações. O primeiro item da pauta da Medida Provisória 387 que cria uma agência, que é a Genleste, cria mais cargos comissionados. A abertura da votação já tinha sido feita na sessão anterior, já tinha sido coletado o voto do Deputado Ariston, Presidente da CCJ, e passou-se a coletar voto hoje. Com o voto do Deputado Ricardo Rios, da base, com o voto do Deputado Rafael Leitoa, que também é da base e que é suplente, portanto, nem poderia ter votado. A composição já estava completa com o Deputado Ricardo Rios, com o Deputado Ciro Neto, com o Deputado Marcio Honaiser e com o Deputado Wellington do Curso, mas olha o que aconteceu. Votação ficou empatada, para coletar o voto minerva na próxima sessão, mas o mais absurdo aconteceu na votação da Medida Provisória 388, que cria a Secretaria de Pesca, foi mais absurdo ainda, olha o que aconteceu. Deputado Ricardo Rios, presidindo a sessão, avocou a relatoria e começou, a partir daí, a coletar os votos. Já tinha coletado o voto do Deputado Ciro Neto, já tinha coletado o voto do Deputado Wellington do Curso, que já havia não só votado, mas se posicionado. Também já tinha coletado o voto do Deputado Rafael Leitoa indevidamente, porque o Deputado Rafael Leitoa é suplente. A votação já estava completa com o Deputado Ricardo Rios, que é titular, com o Deputado Wellington do Curso, que é titular, com o Deputado Ciro Neto, que é titular, e com o Deputado Márcio Honaiser, que é titular. Se a base do Governo comeu mosca, hoje, vacilou. Mas nós votamos contra o projeto na votação, já coletando o voto do Deputado Márcio Honaiser, o vice-presidente, que hoje está presidindo a CCJ. O Deputado Ricardo Rios resolveu retirar de pauta. Como se já estava coletando o último voto? Ele já tinha votado, já tinha invocado e já tinha votado. Já tinha coletado o voto do Deputado Ciro. Já tinha coletado o voto do Deputado Wellington do Curso. Já estava coletando o último voto e um voto desfavorável, que é do Deputado Márcio Honaiser. Senhoras e senhores, vivenciamos hoje um momento histórico na CCJ. E eu quero destacar aqui a atuação do Deputado Márcio Honaiser, a atuação do Deputado Ciro Neto. Parabéns a esses nobres parlamentares, o Deputado Márcio Honaiser e o Deputado Ciro Neto. Deputado Marcio Honaiser invocou a seriedade, o respeito que tem que se ter à CCJ, aos seus membros e à Assembleia Legislativa. Inclusive pediu para se retirar da CCJ porque não tinha como fazer uma votação daquela forma. Deputado Wellington e o Deputado Ciro, também solidários ao Deputado Márcio Honaiser, saímos da CCJ; e a CCJ foi finalizada sem a finalização dos votos. Mas entendam bem, vamos solicitar, inclusive, as imagens. Nós temos aqui a comprovação dos votos. E os votos já haviam sido coletados: três votos contrários, somente um voto favorável, porque o Deputado Rafael Leitoa nem votar poderia porque ele é suplente e já estava completa a votação. Deputado Rafael Leitoa passou sete anos e quatro meses ganhando tudo aqui na Assembleia. Hoje a CCJ, de forma histórica, com o Deputado Wellington do Curso, com o Deputado Ciro e com o Deputado Márcio Honaiser...

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO RICARDO RIOS – Mais um minuto para o Deputado Wellington concluir, por favor.

O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO – De forma histórica, hoje, Deputado Wellington do Curso, Deputado Márcio Honaiser e o Deputado Ciro conseguimos emplacar uma derrota ao Governo do Estado. E aí uma manobra que nós vamos, inclusive, solicitar as imagens, as assinaturas. E eu não creio que precisamos ir para a Justiça para poder fazer com que a CCJ funcione. Respeito à CCJ. Respeito à Assembleia Legislativa e, mais uma vez, parabéns, Deputado Márcio Honaiser. Parabéns, Deputado Ciro. Muito obrigado pela atuação.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA