21/06/2022 - Pequeno Expediente Dr. Yglésio Yglésio Moyses

Yglésio Moyses

Aniversário: 19/09
Profissão: Médico

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO DR. YGLÉSIO (sem revisão do orador) – Bom dia a todos. Bom dia a todas. Uma terça-feira que se inicia com sentimento inicial de justiça diante do que tem sido mostrado e visto nos últimos dias em relação ao concurso desta Casa. Nós denunciamos, na semana passada, de maneira muito direta a atuação de uma verdadeira quadrilha dentro da Banca do CEPERJ. A gente, felizmente, tem analisado muita documentação que tem chegado a este gabinete da Assembleia, denúncias não apenas em relação à situação do concurso da Assembleia, mas como situações de outros municípios do Maranhão: Raposa, tratei aqui de Paço do Lumiar, chegou material pra mim de Belágua, Urbanos Santos, vários municípios do Maranhão que têm conexão com esta quadrilha que opera por dentro dos Institutos. Como é que é feito o esquema dentro desses Institutos? Há uma subcontratação de uma banca, essa banca já foi Instituto Machado de Assis, já foi CEPERJ, já atuou em Urbanos Santos com outros nomes. As pessoas, a quadrilha que tem um núcleo central operacional no Piauí, atuando aqui no Maranhão, ela faz a venda das vagas de acordo com a venda do concurso para os municípios, faz negociação de valores com as autoridades e a partir daí recebe listas com os nomes das pessoas a serem aprovadas. E como é que feita a substituição, em geral que a gente tem recebido aqui de informações? Não é um sistema de ponto eletrônico, não é uma substituição dentro da prova, não é outra pessoa que vai fazer o certame, é simplesmente troca dos cartões de gabarito, deputado Jota Pinto. O senhor vai fazer sua prova, fez um acerto eventualmente aí de uma vaga, as pessoas veem sua pontuação, tiram a média de toda pontuação dos concursos e a partir daí eles vão fazer a troca do cartão de resposta. É uma fraude elementar que como toda fraude elementar ela obviamente conta com retaguarda, com proteção judicial que nós estamos apurando. Isso aqui tem listas, tem mensagem, tem denúncias, tem material de quinta-feira pra cá a quantidade de material que tem chegado, comissão de não aprovados em concurso, pessoas que estamos esperando pra tratar disso é brutal o tamanho da lama, a gente sabe que isso aqui é um vespeiro muito sério que a gente está mexendo, mas são coisas que ou hoje a gente faz ou não caminha para moralização, talvez se a gente tivesse silenciado eventualmente não tivesse tomado uma proporção que tomou e o certame não teria sido anulado, fato é que é inadmissível, é inaceitável, é uma coisa que a gente não pode compactuar a permanência do CEPERJ nessa banca do concurso, não tem como, é a mesma coisa que você esperar a recuperação de Fernandinho Beira Mar, achar que ele vai sair da cadeia e vai começar a ganhar dinheiro de maneira honesta fora dele, aqui há uma repetição de crimes, aqui há uma quadrilha em continuidade delitiva, aqui há uma organização criminosa que já rodou o Maranhão em vários locais que tem que ser parada da mesma forma que nós encerramos o capítulo virando a página em Caxias com a aposentadoria do juiz Sidarta Gautama, da mesma forma essa quadrilha ela tem que ser parada aqui no Maranhão e nós não vamos nos escusar dos esforços para buscar, tirar esse pessoal de circulação e mostrar a face de cada um deles, apesar de ter sido noticiado na sexta-feira que o Ministério Público me encaminhou um pedido para depoimento, até o momento não foi localizado nos nossos arquivos, estou esperando a intimação aqui do Ministério Público para que a gente apresente a hora e o local para levar as informações que a gente tem, mas de toda a forma nós estamos aqui para colaborar, colaborar pelo único motivo que pode ser é crível nesse momento, que é o que o direito das pessoas que estudam terem acesso a um posto de trabalho sonhado, ao direito de quem estuda poder passar, ser aprovado, tendo recompensadas as suas noites de sono perdidas, o direito de terem as suas vivências longe da família recompensadas, todo o esforço reconhecido. É uma coisa inimaginável chegar uma pessoa que não tem capacidade técnica, como eu trouxe aqui na semana passada, e ser aprovada com 70 pontos numa prova. Gente, nunca tive notícias, na história da humanidade, de tantas pessoas fechando uma prova como foi aqui, com gabaritos, como inclusive a questão do estágio probatório, que a banca considerou como dois anos, sendo que o entendimento jurisprudencial já é pacificado no sentido de que são três anos, fora os outros absurdos, como a prova de engenharia. Toda hora chega uma denúncia nova. Nós estamos e estaremos vigilantes a isso e as pessoas podem ter certeza de que a Ceperj não continuará como banca aqui. Nós vamos mostrar a fundo até onde isso vai. Contem conosco.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA