17/10/2018 - Pequeno Expediente Bira do Pindaré

Bira do Pindaré

Aniversário: 01/11
Profissão: Advogado

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO BIRA DO PINDARÉ (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, Colegas Parlamentares, imprensa, galeria, servidores, povo do Maranhão. Senhor Presidente, ontem estive participando da abertura da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que está acontecendo aqui em São Luís do Maranhão. Tive a honra de ladear o Governador Flávio Dino que foi reeleito para mais 4 anos de mandato no Governo do Estado do Maranhão, com o seu Secretário de Ciência e Tecnologia Davi Telles e toda a representação do setor acadêmico do Estado do Maranhão. Estava presente lá a Universidade Federal na pessoa da Reitora Nair Portela, da Universidade Estadual do Maranhão na pessoa do Reitor Professor Gustavo, do Presidente da Fapema, Alex Oliveira, da Professora Elizabeth, Reitora da UEMASUL, grande conquista nessa atual gestão para o Estado do Maranhão, representação do IFMA, do IEMA, o Reitor Jhonatan Almada também presente, toda a representação do Ceuma também estava lá presente, a representação do setor empresarial na pessoa do Presidente Baldez, da Fiema. Enfim, está acontecendo bem aqui ao lado, no Multicenter Sebrae. Essa que é uma agenda já permanente do calendário oficial do Estado, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e tenho muito orgulho de ter participado da organização desse evento quando fui Secretário de Ciência e Tecnologia. E é um evento importante para os professores, para os estudantes, para as empresas, para a cidadania em geral, porque é a oportunidade que se tem de se apresentar trabalhos, projetos, ações, pesquisas, estudos, aquilo que está sendo produzido no Estado do Maranhão na área de ciência e tecnologia. E é fundamental o incentivo a esse setor. Porque nenhuma sociedade do mundo inteiro, na história da humanidade conseguiu dar um salto de qualidade no que diz respeito ao desenvolvimento social e econômico sem investir em educação, em conhecimento, em ciência e tecnologia. De maneira que eu parabenizo o Governador Flávio Dino, com o seu Secretário Davi Telles, pela determinação de incentivar a pesquisa, a ciência e a tecnologia no Estado do Maranhão. Que nessa gestão atual do Governo Flávio Dino, eu tenho orgulho de dizer, que tem importantes conquistas para o Estado do Maranhão. Conquistas permanentes, não são filigranas de vésperas eleitorais, mas são conquistas que ficam para sempre. Eu cito aqui, por exemplo, a implantação do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, o IEMA. De tudo que já participei na minha trajetória de luta e de vida nesse Maranhão, eu posso dizer sem medo de errar, nada foi mais importante do que ter sido o fundador do IEMA, desse Instituto que veio ficar para sempre, que já tem 13 escolas plenas funcionando, 14 unidades vocacionais, cursos vocacionais chegando até as comunidades na capital e no interior do Maranhão, gerando oportunidades para as pessoas, criando perspectiva de vida, sobretudo, para os mais pobres, aqueles que mais precisam e que não têm condições de pagar uma universidade, não tem condição de pagar uma formação profissional. Hoje o Maranhão tem uma estrutura preparada para isso. E não há ciência, não há tecnologia sem a formação de pessoas. É preciso que esta rede de escolas técnicas possa ser consolidada no Estado do Maranhão. E será, porque é um projeto exitoso. O Governador gostou tanto desse projeto que assumiu no seu programa de governo que vai expandir os IEMAs para alcançar 100 unidades em todo o Estado do Maranhão. É uma revolução na área educacional. E alguém pode dizer “mas isso é exagero”. Não é. O Ceará tem mais de 100. É por isso que a educação no Ceará está muito à frente da educação pública do Estado do Maranhão. É porque eles fizeram o projeto, a coisa certa. Acertaram a mão. Investiram na educação. E o estado hoje é um estado muito mais promissor do ponto de vista econômico, do ponto de vista do desenvolvimento social do que o Estado do Maranhão inegavelmente. Mas isso pode ser diferente a partir desse momento que o Maranhão entra nos trilhos e faz o seu dever de casa, investindo estrategicamente em educação pública gratuita e de qualidade. E o IEMA é um grande exemplo disso. Cito também o Programa Cidadão do Mundo que deu oportunidade para centenas de jovens que nem sonhavam em fazer o intercâmbio internacional. E hoje eles têm direito a isso, participam de seleções democráticas com base na nota do ENEM, com base na sua participação nas universidades aqui do Estado do Maranhão. São jovens oriundos de escolas públicas que não teriam como chegar aos Estados Unidos ou à Europa, ou ao Japão se não fosse pelo cidadão do mundo. E hoje eles têm essa oportunidade. É um programa que se consolidou e veio para ficar. E o Maranhão vai avançar bastante também nessa área. Cito também a criação da UEMASUL, que muitos, alguns resistiam, não queriam a implantação da UEMASUL. E hoje é uma potência que cresce a cada dia, E o entusiasmo dos acadêmicos, dos estudantes lá da UEMASUL é algo contagiante. E a gente tem que destacar isso também como uma conquista da atual gestão do Governador Flávio Dino e do seu Secretário Davi Teles na área de ciência e tecnologia. Nós vamos agora para o Congresso Nacional. Graças a Deus, o povo me conferiu essa missão e fui eleito Deputado Federal com 99.598 votos, conquistados no peito e na raça. Votos da consciência e do coração. Não tem voto comprado nem de esquema nenhum. É voto de trabalho, de luta, de história, de trajetória. E me orgulho demais de tudo aquilo que nós conseguimos fazer nesse processo eleitoral. Estaremos em Brasília. E uma das pautas nossas certamente será a educação, será a ciência e a tecnologia, uma área em que eu tive essa experiência. E hoje me sinto absolutamente compromissado com as causas e as lutas em prol da educação, da ciência e da tecnologia no Estado do Maranhão e no Brasil. Sei que não será fácil. Sobretudo, se o coisa ruim ganhar a eleição, não será fácil, porque se o coisa ruim ganhar a eleição a gente já sabe qual é a receita, só não vê quem não quer, é a receita da destruição, destruição de direitos, de políticas públicas, destruição daquilo que proporciona ao povo o exercício pleno da cidadania, com certeza, vai querer desmontar com as universidades públicas, com certeza, vai querer privatizar as empresas públicas, as que restam, vai ser um ataque frontal aos direitos dos trabalhadores, como já diz, não precisa ninguém falar, ele próprio diz, todo dia, todo mundo vê e todo mundo sabe, então, depois não venham me dizer que filho de pobre não tem sorte, não me venham dizer isso, porque o homem está dizendo com todas as letras o que ele vai fazer e se ainda sim insistirem nesse caminho, eu não quero estar na pele daqueles que hoje estão caindo neste canto de sereia, porque vão se arrepender, amargamente, é a crônica do desastre anunciado, não tem nenhuma perspectiva de um projeto sustentado na mentira dos fake news, no ódio, em tudo aquilo que a gente está vendo aí, não tem a menor chance de alguma coisa desse tipo dar certo em nosso País ou em qualquer outro lugar do mundo. Portanto, sei que vai ser difícil, mas lutaremos com todas as forças e, certamente, resistiremos com a bravura de quem não foge à luta e a ternura de quem apreendeu a sonhar. Muito obrigado, Senhor Presidente.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA