23/02/2021 - Pequeno Expediente Andreia Martins Rezende Andreia Rezende

Andreia Rezende

Aniversário: 12/05
Profissão: Dentista

Discurso - download do áudio



A SENHORA DEPUTADA ANDREIA MARTINS REZENDE (sem revisão da oradora) – Presidente da Assembleia Deputado Othelino Neto, senhoras Deputadas, senhores Deputados, estimada imprensa, internautas, ouvintes, telespectadores, amigos e amigas do Maranhão, é com muita alegria que eu venho expressar para vocês a minha felicidade e, pela vez primeira, falar da primeira tribuna adaptada da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Desde do início do meu mandato, eu tenho sinalizado, em minhas falas e, principalmente, ao pé do ouvido do meu Presidente, o meu desejo de ter o meu lugar de fala igual aos dos demais colegas. E para que se torne um marco histórico, Deputado Othelino, aqui estou eu falando desta tribuna. Eu acredito que os órgãos públicos é que têm que, inicialmente, vivenciar e ter um olhar diferenciado para a acessibilidade. E, neste momento, esta Casa, na pessoa do Presidente Othelino, dá esse exemplo a todo o meu Maranhão. Meu coração, meu amigo, está cheio de gratidão. E é dessa forma que eu quero te dizer o meu muito obrigado. Muito obrigada pela tua sensibilidade, muito obrigada pela Vossa empatia, mas muito obrigada mesmo é pelas Vossas ações nesta Casa, neste prédio, para facilitar a vida das pessoas com deficiência. Eu não tenho dúvida que o olhar da grande maioria dos colegas que comigo convivem se modificou ou pelo menos melhorou se tornando mais humano e mais igualitário. Eu sinto isso na convivência com vários de vocês e eu não posso dizer que não sinto orgulho de participar desse momento na vida de cada um. Nós, meu amigo César Pires, nós, deficientes, somos pessoas corajosas e fortes, nós enfrentamos a falta de acessibilidades nas cidades, nos espaços em que convivemos, com muita inteligência e bravura. Porque, pasmem, vocês, apesar de todas as dificuldades pelas quais nós passamos ainda existem pessoas que insistem em não nos olhar e não nos ver. E é por isso... colocaram até o lugarzinho para eu bater a mão... e é por isso que eu quero ser voz. Eu quero ser voz nesta tribuna, eu quero ser voz nesta Casa e eu quero ser voz no mundo. Para que junto com todas Vossas Excelências e com todas as pessoas de bom coração que abraçam a esta causa, nós possamos acordar esses cegos de humanidade e esses deficientes de amor que insistem em construir e em reformar espaços públicos sem levar em conta a total segurança e a total autonomia de uma pessoa com deficiência. Eu quero fazer para Vossas Excelências um relato pessoal: eu, Andreia, eu sou muito mais forte do que eu pensava. Eu sou uma pessoa que tenho uma rede de apoio, Deputado Arnaldo Melo, muito grande. Eu sou uma pessoa estudiosa e conhecedora dos meus direitos no que diz respeito à mobilidade. E ainda assim eu me pego por vezes evitando frequentar certos lugares para não passar, para me poupar do stress físico e emocional que ali sentirei. É por isso, é por ter uma vivência na pele que eu peço a todas as Vossas Excelências que nós possamos juntos lutar por esta causa, efetivar pelo menos as leis que já existem, para que a gente possa melhorar a realidade de muitos e construir um mundo melhor para todos, para todos. Othelino, mais uma vez, meu muito obrigada. V. Ex.ª me conhece e sabe da sinceridade que eu tenho. Se eu lhe digo isso, é de coração. Por mais simples que pareça esse gesto, eu tenho certeza que muitos outros parlamentares com deficiência física ou com mobilidade reduzida ainda utilizarão essa tribuna. Eram essas as minhas palavras e muito obrigada a todas V. Exas. pela convivência tão harmoniosa e fiquem todos com Deus.

O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO – Presidente.

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLALBERT CUTRIM – Pois não, Deputado Professor Marco Aurélio.

O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO (Questão de Ordem) – Presidente, queria fazer uma fala nesse momento tão marcante não só para deputada Andreia, mas para todos nós. Permite, Presidente?

O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLALBERT CUTRIM – Claro, com certeza, Deputado.

O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO (Questão de Ordem) – Deputada Andreia, enquanto V. Ex.ª recebe o carinho, o abraço dos colegas desta Casa, eu faço questão de destacar essa sua fala. A sua fala traz um pertencimento, porque V. Ex.ª poderia muito bem vir para esta Casa exercer seu mandato falando da pessoa com deficiência em terceira pessoa, não se incluindo. De repente, por ter tido uma lesão que lhe colocou numa situação que pode ser provisória, mas V. Ex.ª assume plenamente uma fala se colocando na primeira pessoa e representando a necessidade de valorização da acessibilidade, de garantir os direitos da pessoa com deficiência. Presidente Othelino, parabéns, porque, esta Casa dá voz na devida estatura, na devida posição. A Deputada Andreia dá voz a todas as pessoas com deficiência. Deputada Andreia, é para nós um grande orgulho aprendermos com V. Ex.ª aqui nesta Casa, não só com as palavras que são importantes, mas, sobretudo, com o exemplo, porque dizem que “a palavra convence, mas o exemplo arrasta”. E exatamente por esse seu exemplo de vida, de alegria, de superação e de defesa das pessoas com deficiência, se incluindo como tal e se colocando como uma porta-voz de toda essa causa que é um orgulho para todos nós termos V. Excelência aqui. Obrigado.

O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO – Deputado Adelmo Soares vai ter cinco minutos. Deputada Andreia, fiquei também emocionado com este momento, da mesma forma que V. Ex.ª. Nós tínhamos essa dívida, uma dívida histórica com as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e estamos corrigindo essa falha histórica, já fizemos diversas intervenções, aqui na Assembleia, para permitir a acessibilidade, mas nós tínhamos uma falha que era muito marcante, que era não ter no Plenário uma das tribunas acessíveis. E agora temos, essas intervenções vêm desde a entrada da Assembleia, nós inclusive concluímos, falta agora apenas uma pequena intervenção da Prefeitura, que nós já solicitamos do outro lado da avenida e no canteiro central, para que qualquer pessoa que queira chegar à Assembleia, e que não possa chegar de carro, ela possa descer do ônibus e ter acesso às dependências da Assembleia Legislativa. Do portão de entrada para cá, já foram feitas as intervenções para permitir acessibilidade. Então, hoje, certamente, é uma das Sessões e o seu pronunciamento é um pronunciamento que vai marcar a história da Assembleia Legislativa e a história dessa minha passagem pela Presidência. Muito obrigado por sua presença aqui no Plenário.

O SENHOR DEPUTADO CÉSAR PIRES – Presidente, pela Ordem.

O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO – Deputado César.

O SENHOR DEPUTADO CÉSAR PIRES (Questão de Ordem) - Eu queria pedir um Minuto de Silêncio, quando assim o Regimento permitir, pelo pai do nosso querido Deputado Ricardo Rios, Reginaldo Rios. Eu também quero dizer, Andreia, que, durante muito tempo aqui na minha Casa, na nossa Casa, aliás, eu não tinha visto um Parlamentar subir à tribuna e receber tanta atenção e tanto silêncio desta Casa e tanto urbanismo por parte do colega, como eu vi agora de V. Ex.ª. Mas isso não é simplesmente pela sua pouca mobilidade ou pela sua situação que V. Ex.ª está vivendo, eu acho que também se V. Ex.ª tivesse chegado aqui pela forma com que eu lhe conheci nos antanho da tua vida e no passado da vida, V. Ex.ª também teria o mesmo atendimento e o mesmo carinho, o mesmo respeito de todos nós. Sem divorciar a sua situação com a da Casa, eu também quero levar os meus reconhecimentos ao Presidente Othelino pela sensibilidade com que fez um modo de V. Ex.ª poder ter acesso. E eu tenho certeza que V. Ex.ª foi feliz quando disse que não se esgote em V. Ex.ª essa necessidade. O mundo haverá de assistir, aqui nesta Casa, como um dia nós vimos Coelho Neto subir e depois a gente viu tantos desatinos serem acontecidos, não será de estranheza nossa um dia uma pessoa também com pouca mobilidade ou com deficiência um dia precisar dessa tribuna e ficarão registradas as digitais de V. Excelência, Presidente, aqui nesta Casa. Sucesso a todos nós. Sucesso a V. Ex.ª mais ainda e sucesso, Andreia, também.

O SENHOR PRESIDENTE DEPUTADO OTHELINO NETO – Obrigado, Deputado César.

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA