17/11/2021 - Expediente Final Duarte Júnior Duarte Júnior


Aniversário: 15/09
Profissão: Advogado

Discurso - download do áudio



O SENHOR DEPUTADO DUARTE JÚNIOR (sem revisão do orador) - Senhores deputados e deputadas, membros da imprensa, internautas, telespectadores que acompanham pela TV Assembleia. Venho à tribuna na manhã de hoje, para lamentar o que nesse exato momento está acontecendo na porta da Prefeitura de São Luís. São centenas de trabalhadores que reivindicam aquilo que é seu por direito, o pagamento dos seus salários. São porteiros, são zeladores que não recebem os salários que deveriam ser pagos pela Prefeitura de São Luís. Salário referente ao mês de dezembro de 2020, referente ao mês de setembro desse ano, e que estão na iminência de não receber nem mesmo o salário referente ao mês de outubro.  Nós já estamos em novembro, infelizmente, o Prefeito de São Luís, Eduardo Braide, sequer recebe esses trabalhadores para lhe dar uma justificativa. Eu lamento essa postura negligente, desrespeitosa, com o trabalhador ludovicense, pois não falta recurso, não falta dinheiro. Esses porteiros, esses zeladores que desempenham uma função na Secretaria de Educação do Município, ou seja, uma pasta essencial. Secretaria essa que tem um orçamento de mais de 642 milhões de reais, parte desse orçamento é de recurso oriundo do Governo Federal. O Governo Federal repassa 390 milhões, mais de 390 milhões de reais para a prefeitura, e a prefeitura pega esse recurso  e não se sabe se Deus para onde é destinado. Eu venho aqui a essa tribuna para que o Prefeito Eduardo Braide, que não recebe esses trabalhadores, que finge não ouvir centenas de trabalhadores na porta da prefeitura, chamando o prefeito após apenas 11 meses de gestão de caloteiro, se ele não escuta esses trabalhadores que, no auge do seu desespero, chamam o prefeito da cidade de caloteiro, pois não paga os trabalhadores da educação, não paga os rodoviários, não cumpre os seus acordos. Eu venho à tribuna para que o prefeito possa ouvir essa justa e necessária reivindicação e possa finalmente pagar o salário desses trabalhadores. Nós não podemos permitir o descaso com aqueles que mais precisam. Nós não podemos aceitar o que, de fato, está acontecendo, prefeituras de centenas de municípios desse Estado já estão com 100% das suas escolas em pleno funcionamento, mas aqui, em São Luís, a capital do Maranhão, apenas 12 escolas estão funcionando, mais de 80 mil crianças não tem acesso à educação, pela negligência, pela falta de gestão e de compromisso do prefeito que disse que estava pronto, mas infelizmente pronto para trabalhar não está. Correr numa ciclovia, que está errado, ele sabe, aos fins de semana, mas correr para trabalhar e cumprir com o compromisso perante as pessoas, isso ele não faz. E é por essa razão que estamos aqui reivindicando, pedindo que o prefeito de São Luís pague o salários dos trabalhadores da educação. Nós não podemos permitir que esse calote ocorra e que os trabalhadores sofram num momento de crise, de recessão econômica, nós precisamos cumprir com os nossos compromissos. E, quero aqui dizer a todos os trabalhadores que prestam serviço à Prefeitura de São Luís, que têm o meu apoio, têm a minha solidariedade, para que nós possamos garantir o que é seu por direito. Vale aqui frisar que, na vez passada, ainda esse ano, após três meses sem receber salários, nós tivemos o auxílio do nosso gabinete. E aqui eu gostaria de sublinhar o trabalho do meu amigo e advogado Ricardo Baldez, que diretamente atuou para defender o direito desses trabalhadores. Fizemos uma denúncia ao Ministério Público do Trabalho. Tão somente após a nossa denúncia, após a nossa atuação, não apenas como parlamentar, mas enquanto advogado, é que esses salários atrasados foram pagos. Será que o Braide está esperando de novo nós ingressarmos com novas denúncias? Novas ações para que pague os salários dos trabalhadores? Essa é a nossa reivindicação. Deixe de calotear o povo ludovicense. Braide, está na hora de pagar. Bora trabalhar!

+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA