25/11/2008 00h00

Cleide Coutinho: denúncia de fraude em Caxias é armação

Jacqueline Heluy
Agência Assembléia

icone-whatsapp

"Até que ponto chegou o sensacionalismo barato e o desespero de grupos políticos perdedores, comprometidos com o atraso e rejeitados pelas urnas". Assim reagiu a deputada Cleide Coutinho (PSDB), em pronunciamento nesta terça-feira, 25, sobre a reportagem veiculada em noticiário nacional da TV Band, na noite de ontem (segunda-feira, 24), dando conta de ter havido fraude em urnas eletrônicas nas últimas eleições em Caxias. Para Cleide Coutinho, as denúncias veiculadas pela TV não passam de uma orquestração de mau gosto, arquitetada pelo ex-deputado federal Paulo Marinho. "A Bandeirantes não deveria se prestar a um papel tão vil e feio, pois entendemos que toda a imprensa que se diz séria tem que certificar-se da veracidade das denúncias antes de colocá-las e noticiá-las como verdadeiras", declarou. A parlamentar disse que ficou estarrecida com a notícia de que fatos estranhos teriam ocorrido nas eleições de Caxias, tais como um candidato a vereador não ter tido o próprio voto computado, uma urna ter sido ligada dois dias antes das eleições e de que um inquérito estaria em curso na Polícia Federal. Cleide lamentou que "denúncias mentirosas partindo de um ex-deputado federal cassado por corrupção e que responde a mais de 100 processos" estejam ofendendo o Ministério Público Eleitoral. "O mais humilhante para Paulo Marinho e o que mais destaca o repúdio da população ao seu nome é que nas últimas eleições, em que sua mulher Márcia Marinho foi mais uma vez derrotada pelo nosso grupo, foi constatado que simplesmente a menção do nome de Paulo Marinho como participante daquele grupo afastava em mais de 80% as intenções de voto das pessoas", afirmou. Segundo Cleide, o ex-deputado não aceitou a fragorosa derrota anunciada antes das eleições por pesquisas devidamente registradas em cartório e continua buscando, por meio de mentiras e encenações, confundir a população, chegando ao ponto de acusar de fraude, de maneira irresponsável, os funcionários do TRE. Ela lembra que pelas regras eleitorais atuais, ao denunciar fraude em urnas do Maranhão, a TV Bandeirantes acusou falsamente os membros do TRE de participarem de crime, os juízes de Caxias de serem delinquentes, os funcionários da Justiça Eleitoral de cometimento de fraude, o Ministério Público de ser omisso e até os próprios ministros do Tribunal Superior Eleitoral de conluio. Finalizando, Cleide Coutinho destacou que "com tantas mentiras assacadas contra Caxias, a cidade e os seus cidadãos merecem respeito, pois os noticiários não mostram uma Caxias que é respeitada, cheia de homens valorosos, que têm e tiveram um papel importante na construção da história do país". O discurso de Cleide Coutinho foi aparteado por vários parlamentares, que enalteceram o trabalho que vem sendo realizado pelo prefeito Humberto Coutinho (PDT). "Se tivesse havido qualquer tentativa de fraude em Caxias, a vítima teria sido o prefeito Humberto Coutinho, que todo o Maranhão sabia, antecipadamente, que seria eleito", disse o líder da bancada governista na Assembléia, deputado Marcelo Tavares (PSB). O deputado Antonio Bacelar (PDT) também creditou as denúncias veiculadas na TV Band de "coisa de perdedor" e que teve a oportunidade de testemunhar que o povo de Caxias está sendo muito bem conduzido pelo atual prefeito. Sobre o assunto, também se manifestou, em aparte, o deputado Rubens Junior (PRTB): "não temos dúvida de que Humberto Coutinho é um dos melhores prefeitos do país", afirmou.


+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO

Palácio Manuel Beckman - Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750

TELEFONES ÚTEIS

(98) 3269-3000 | 3269-3001

AGÊNCIA ALEMA