14/12/2021 14h14

Yglésio propõe ajuda para que Hospital Aldenora Bello solucione problemas financeiros

Assecom / Dep. Yglésio Moyses

icone-whatsapp
Divulgação
Yglésio propõe ajuda para que Hospital Aldenora Bello solucione problemas financeiros
Na sessão plenária desta terça-feira, o deputado Yglésio Moisés falou sobre a situação financeira difícil do Hospital Aldenora Bello

O deputado Yglésio Moyses (PROS) fez um relato, na sessão plenária desta terça-feira (14), da situação financeira por que passa o Hospital Aldenora Bello, referência no tratamento do câncer no Maranhão. Segundo o parlamentar, a instituição tem acumulado dívidas milionárias para custear sua estrutura hospitalar, evitando que serviços importantes deixem de ser oferecidos.

“É preciso um esforço conjunto para que possamos ajudar o hospital. Uma saída seria a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado aumentarem o valor do repasse à instituição. Além disso, as prefeituras dos municípios cuja população precisa desse atendimento também poderiam ajudar”, apelou o deputado.

Ainda durante o discurso, Yglésio destacou que enviou à Secretaria de Gestão e Previdência a proposta com a possibilidade de consignação em folha de pagamento para a destinação de recursos para o hospital. Na prática, cada servidor doaria um valor específico para o Aldenora Bello, que seria descontado do seu vencimento.

Emendas 

Em 2019, o deputado liderou um movimento parlamentar que culminou na destinação de R$ 4,2 milhões em emendas parlamentares para o hospital filantrópico. Cada um dos 42 parlamentares destinou R$ 100 mil, o que proporcionou a reabertura de setores com equipamentos novos e serviços antes paralisados.

 



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA