19/06/2022 09h50

Festança do 'Arraiá do Povo' faz história e deixa saudades

Agência Assembleia

icone-whatsapp
Agência Assembleia
Festança do
Público lota o 'Arraiá do Povo', que se despediu da temporada junina 2022 na noite deste sábado, na Assembleia Legislativa

Assim como nas três primeiras noites, o público lotou o 'Arraiá do Povo', agitando a festança junina no seu encerramento, neste sábado (18), na Assembleia Legislativa do Maranhão. Aproveitando cada uma das oito atrações, sendo seis grupos da cultura popular, as pessoas dançaram e cantaram, desejando que a festa não chegasse ao fim. Um dos momentos mais festejados foi o show do cantor e compositor César Nascimento, que encerrou a programação. 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB),  prestigiou as quatro noites e agradeceu a forte presença popular no espaço. “O nosso sentimento é de alegria pela bela festa que foi o ‘Arraiá do Povo’ e, ao mesmo tempo, de saudade, porque chegamos ao último dia. O arraial cumpriu sua missão. Ano que vem, voltaremos. E a partir de amanhã, vamos continuar essa festa, mas agora em outros espaços da cidade”, declarou. 

A primeira-dama da Alema e vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato (PSB), também ressaltou a grande alegria trazida pelo retorno da festa. “A gente ficou muito feliz de poder reabrir as portas da Casa do Povo para esse São João, e o ‘Arraiá do Povo' foi muito bem recebido pelos maranhenses. Pena que hoje a gente se despede desse espaço, que foi um sucesso”, observou. 

Também prestigiaram a noite de encerramento os deputados estaduais Yglesio Moyses (PSB) e Leonardo Sá (PP). O 'Arraiá do Povo' foi realizado pela Alema, sob coordenação do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema), com apoio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma). 

Othelino Neto, no palco, foi anfitrião e fez a apresentação, anunciando o início do show de César Nascimento. O artista agradeceu. "É um grande prazer estar aqui, inaugurando nossa temporada de shows no Maranhão, com esse convite carinhoso do Othelino para cantarmos para vocês, encerrando o 'Arraiá do Povo'. Muito bacana. Estou muito feliz", disse.  

Agência Assembleia
Cantor César Nascimento encerrou a programação, entoando músicas conhecidas do público maranhense durante show dançante
Cantor César Nascimento encerrou a programação, entoando músicas conhecidas do público maranhense durante show dançante

César Nascimento fez um passeio musical pelas sonoridades típicas do Maranhão, com direito ao reggae "Maguinha do Sá Viana", ao xote "Serenin" e muito mais.  

O público aceitou o convite do artista, subiu no tablado, dançou e soltou a voz junto com ele. Para encerrar, fez coro entoando a icônica “Ilha Magnética’, canção declarada patrimônio cultural imaterial do Maranhão por meio da Lei 10.523/2016, aprovada pela Assembleia e originária do Projeto de Lei 179/2016, da então deputada Maura Jorge. 

Agência Assembleia
Boi de Morros, sotaque de orquestra, apresentou um belo espetáculo e empolgou a plateia, que registrou tudo com fotos e vídeos
Boi de Morros, sotaque de orquestra, apresentou um belo espetáculo e empolgou a plateia, que registrou tudo com fotos e vídeos

Bumba-bois 

Antes, o Boi de Morros, sob o comando do amo e cantador Lobato, empolgou o público com suas belas toadas e arrancou gritos e suspiros com seus índios. No compasso da orquestra, fez um espetáculo para enaltecer a luta pela preservação da natureza.  

Os 160 integrantes deram show de sincronia no bailado e emocionaram os presentes soltando o gogó em antigos sucessos do boi da região do Munim. 

Agência Assembleia
Boi de Mocidade de Pinheiro levou 72 componentes, entre índias, vaqueiros de fita e vaqueiros campeadores
Boi de Mocidade de Pinheiro levou 72 componentes, entre índias, vaqueiros de fita e vaqueiros campeadores

O Boi Itapera de Maracanã também mostrou seu bailado tradicional ao som das matracas e fez o público balançar e bater na palma da mão. Um dos momentos marcantes foi a apresentação de "Maranhão, meu tesouro, meu torrão", em homenagem ao cantador Humberto de Maracanã. 

Sob o comando do cantador Chagas, o Bumba Meu Boi de Ribamar, com cerca de 100 integrantes com indumentárias, fez uma apresentação vibrante de cerca de uma hora, cantando suas toadas mais marcantes e empolgando o público presente ao “Arraiá do Povo”. 

“É um prazer imenso participar do arraial na Casa do Povo. Mais ainda porque essa é a nossa primeira vez de forma presencial, pois participamos da live no ano passado”, afirmou Jailson Paixão, presidente da manifestação. 

Agência Assembleia
Boi de Ribamar fez uma apresentação vibrante de cerca de uma hora, entoando suas mais marcantes toadas
Boi de Ribamar fez uma apresentação vibrante de cerca de uma hora, entoando suas mais marcantes toadas

Resistência cultural 

O Boi Mocidade de Pinheiro balançou o público com suas toadas, ao som de uma orquestra afinada. Ao todo, 72 componentes, entre índias, vaqueiros de fita e vaqueiros campeadores fizeram uma apresentação baseada no tema “Índia, uma resistência cultural”.   

Ao final, convidaram o público para subir no tablado e dançar junto, mostrando a força e a riqueza da cultura popular da Baixada Maranhense. 

O Boi da Madre Deus fez soar o sotaque de matraca, sob o comando dos cantadores Miguel Onça e Manezinho Onça, filhos do mestre Mané Onça, e de Glaydson Dedê. 

Com 131 integrantes com indumentárias e dezenas de matraqueiros, o grupo pôs o público para dançar ao som do sotaque mais tradicional do estado. O bailado dos caboclos de pena balançou o público e quem levou sua matraca aproveitou para acompanhar o grupo. 

A Dança Portuguesa Sonho de Portugal, direto de área quilombola de Alcântara, foi a primeira atração da noite. Fundada há 23 anos, a manifestação trouxe para o tablado ricas indumentárias e um protesto contra a negligência na pandemia.  “Queremos consolidar o nosso São João com o brilho da juventude de Alcântara”, declarou Haroldo Júnior, presidente do grupo.



+ Notícias
banner-ouvidoria
banner-whatsapp

ATENDIMENTO

Palácio Manuel Beckman
Av. Jerônimo de Albuquerque - Sítio do Rangedor - Calhau
São Luis - Maranhão - CEP: 65071-750
Telefones: (98) 3269-3000 | 3269-3001

EXPEDIENTE

De segunda a sexta-feira das 8h às 18h

SESSÕES PLENÁRIAS

• Segunda-feira: a partir das 16h;
• De terça a quinta-feira: a partir das 9h30.

AGÊNCIA ALEMA